Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7697
Title in Portuguese: Teatro Infantil e Educação em Walter Benjamin
Author: Vasconcelos, Raquel Célia Silva de
Advisor(s): Rech, Hildemar Luiz
Keywords: Presentation
Formation
Benjamin,Walter,1892-1940 – Crítica e interpretação
Benjamin,Walter,1892-1940–- Contribuições em educação
Benjamin,Walter,1892-1940 – Contribuições em teatro
Benjamin,Walter,1892-1940 – Contribuições em cultura
Mimese
Jogo(Filosofia)
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: VASCONCELOS, Raquel Célia Silva de. Teatro Infantil e Educação em Walter Benjami. Teatro Infantil e Educação em Walter Benjamin. 2013. 168f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE).
Abstract in Portuguese: A pesquisa intitulada, Teatro infantill e educação em Walter Benjamin, analisa o conceito de formação à luz da crítica de Walter Benjamin à cultura e à educação burguesas que coincide com sua teoria da linguagem presente nas “Questões introdutórias de crítica ao conhecimento” da obra Origem do drama barroco alemão (1984). São discussões que dizem respeito à questão do esvaziamento do conceito e propõe a representação (Darstellung) como desvio, apontando na linguagem, no brincar e no jogo infantil a possibilidade de uma apresentação desintegrada da razão analítica e da consciência esclarecida. A apresentação infantil assume dois aspectos: o gnosiológico e a encenação (no sentido de atuação), porque jogando a criança expõe uma profanação aliada ao desenvolvimento da linguagem, à aprendizagem e à autonomia. A pesquisa delineia as seguintes problematizações: a ação da razão coercitiva não seria o fracasso da filosofia, na medida em que ela nega a representação como método para o alcance da verdade da linguagem, cuja função seria portar a unidade do Ser? Como a criança, por meio do jogo e do brincar, experiencia a verdade da linguagem e delimita a representação crítica e criativa da vida? Qual a proposta de formação benjaminiana no tocante à educação e ao teatro infantil? De que forma o brincar e o jogo (elementos primordiais que a criança utiliza para representar, de modo crítico e criativo, a existência) podem contribuir na sua formação? O interesse pessoal nesta pesquisa remete à minha dissertação de mestrado, por meio da qual pude elaborar algumas hipóteses que precisavam de um estudo mais profundo dos conceitos benjaminianos de educação e de cultura, e à minha experiência com a arte, em especial o teatro e a pintura, que foram importantes na minha formação. Foram analisadas as obras e os ensaios de Walter Benjamin sobre a educação e o teatro infantil na formação da criança e seus conceitos: “Faculdade Mimética” (Mimetische Vermögen), “jogo“ (Spiel), “teatro” (Schauplatz), “retorno” (Rückkehr), “repetição” (Wiederholung), “percepção” (Wahrnehmung), “sentido ontogenético“ (ontogenetischen Sinn) e “sentido filogenético” (phylogenetischen Sinn), “desvio” (Abweichung), “criatura” (Geschöpf), “educação” (Bildung), “cultura” (Kultur), mímesis e “profanação” (Schändung). O objetivo geral da pesquisa foi analisar a crítica de Walter Benjamin à cultura e à educação burguesas, verificando as implicações que apontam no jogo infantil, o meio pelo qual é possível pensar a tensão resultante da profanação e a arte como o caminho viável ao desenvolvimento criativo e à recepção estética.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7697
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013-TESE-RCSVASCONCELOS.pdf1,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.