Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7647
Title in Portuguese: Qualidade de vida de pacientes com queimaduras internados em um hospital de referência no nordeste brasileiro
Title: Quality of life of burned patients in a referral hospital in northeastern Brazil
Author: Guimarães, Isaac Bevilaqua de Albuquerque
Martins, Aline Barbosa Teixeira
Guimarães, Sergio Botelho
Keywords: Queimaduras
Unidades de Queimados
Qualidade de Vida
Issue Date: 2013
Publisher: Revista Brasileira de Queimaduras
Citation: GUIMARÃES, I. B. A. ; MARTINS, A. B. T. ; GUIMARÃES, S. B. Qualidade de vida de pacientes com queimaduras internados em um hospital de referência no nordeste brasileiro. Revista Brasileira de Queimaduras, Limeira-SP, v. 12, n. 2, p. 103-107, 2013.
Abstract in Portuguese: Objetivo: Apesar dos progressos científicos, as queimaduras continuam sendo um problema médico, psicológico, econômico e social que envolve não somente o médico e o paciente como também toda sociedade. Indivíduos que sofreram queimaduras extensas apresentam alterações físicas e psicológicas; o impacto na sua qualidade de vida (QV) constitui um grande desafio aos profissionais responsáveis pelo seu tratamento. Objetiva-se neste trabalho identificar qual a QV de queimados hospitalizados em uma instituição de referência. Métodos: Vinte queimados foram avaliados pela aplicação do questionário “The Medical Outcomes Study 36-Item Short- Form Health Survey (SF-36)”, adaptado e validado para a língua portuguesa. Resultados: Observou-se um baixo nível de escolaridade e prevalência de pacientes do sexo masculino. O agente causal mais frequente foi o álcool. Na avaliação da QV, os melhores resultados foram encontrados nos domínios “Vitalidade” (77) e “Saúde mental” (57,6), enquanto que os piores resultados foram identificados nos domínios “Aspectos físicos” (0) e “Aspectos emocionais” (0). Conclusões: De acordo com as respostas apresentadas, o significado positivo de qualidade de vida relaciona-se, prioritariamente, aos domínios “Vitalidade” e ao “Estado mental”. Os domínios com maior comprometimento são “Aspectos físicos” e “Aspectos emocionais”, refletindo a percepção de sua autoimagem diante das queimaduras sofridas.
Abstract: Objective: Despite scientific advances, the burns are still a medical, psychological, social and economic problem that involves not only the doctor and the patient as well as the whole society. Individuals who have suffered extensive burns have physical and psychological changes; the impact on their quality of life (QOL) constitutes a major challenge to professionals responsible for their treatment. This study aims to evaluate the QOL of burned patients while hospitalized in an institution of reference. Methods: Twenty burned patients were evaluated by the application of the questionnaire “The Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36)”, adapted and validated for the Portuguese language. Results: Low educational level and the prevalence of male patients were identified. The most frequent causal agent was alcohol. SF-36 best results were found in the areas vitality (77) and mental health (57.6) while the worst results were identified in the fields “physical aspects” (0) and emotional aspects (0). Conclusions: According to the answers received, the positive meaning of quality of life relates primarily to the areas “Vitality” and “Mental State”. The areas with greater commitment are “Physical and Emotional aspects”, reflecting the perception of their self-image taking into account the burns they suffered.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7647
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1982-1883 Impresso
Appears in Collections:DCIR - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_art_sbguimaraes2.pdf228,04 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.