Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7607
Title in Portuguese: Estudo do efeito da administração aguda e repetida do óleo essencial de Alpinia zerumbet (OEAZ) em modelos animais de convulsão
Title: Study of the effect of acute and repeated administration of the essential oil of Alpinia zerumbet (OEAZ) in animal models of seizures
Author: Nascimento, Nathalia Liberato
Advisor(s): Gaspar , Danielle Macêdo
Keywords: Epilepsia
Convulsões
Anticonvulsivantes
Issue Date: 2013
Citation: NASCIMENTO, N. L. Estudo do efeito da administração aguda e repetida do óleo essencial de Alpinia zerumbet (OEAZ) em modelos animais de convulsão. 2013. 115 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS, 2011), a epilepsia é uma das mais comuns doenças neurológicas graves, afetando mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo. A principal manifestação clínica de algumas epilepsias é a convulsão. Esta pode ser estudada em modelos animais pelo uso de diferentes estímulos. O Pentilenotetrazol (PTZ) é um antagonista GABA que mimetiza crise de ausência e convulsões do tipo tônico-clônica em humanos. A Estricnina bloqueia a resposta inibitória da glicina, que age através de um receptor que se assemelha ao receptor GABAA. A Pilocarpina (PILO) é um agonista colinérgico que mimetiza epilepsia do lobo temporal em humanos. O Eletrochoque (ECS) é um procedimento que consiste na indução de convulsões generalizadas pela passagem de corrente elétrica pelo cérebro. Alpinia zerumbet, da família zingiberacea é uma espécie conhecida no Brasil por colônia que vem mostrando importantes efeitos depressores no SNC já estudados por nosso grupo de pesquisa. O presente trabalho tem como objetivo investigar os efeitos da administração aguda e repetida do óleo essencial de Alpinia zerumbet (OEAZ) em modelos animais de convulsão em camundongos (machos) por via intraperitoneal nas doses de 100 e 200 mg/Kg. OEAZ em tratamento agudo no modelo de PTZ 85 mg/kg, apresentou efeito neuroprotetor, tanto em latência de convulsão (LC) quanto em latência de morte (LM), apenas na dose 100 mg/kg. Já em modelo de ESTRIC, em tratamento agudo, as duas doses estudadas mostraram efeito anticonvulsivante. Em modelo de PILO agudo nenhuma das doses ofereceu qualquer efeito neuroprotetor. No ECS, observa-se efeito anticonvulsivante, com relação à redução no tempo de estiramento, em ambas as doses comparadas ao controle. No entanto, após administração repetida por cinco dias o OEAZ apresentou efeitos anticonvulsivantes em todos os parâmetros analisados de todos os testes de indução de convulsão, prolongando LC e LM com relação ao grupo controle, podendo esta ação estar diretamente ligada aos constituintes do óleo, como monoterpenos.
Abstract: According to the World Health Organization (WHO, 2011), epilepsy is one of the most common serious neurological diseases, affecting over 50 million people worldwide. The main clinical manifestation of some epilepsy is seizures. Seizures can be studied in animal models by using different stimuli. The pentylenetetrazol (PTZ) is a GABA antagonist that mimics absence seizures and tonic-clonic seizure in humans. The Strychnine blocks the inhibitory response of glycine, which acts via a receptor which resembles the GABAA receptor. The Pilocarpine (PILO) is a cholinergic agonist that mimics temporal lobe epilepsy in humans. The Electroshock (ECS) is a procedure which consists in induces the generalized seizures by the passage of electric current through the brain. Alpinia zerumbet, family zingiberacea is a specie known in Brazil as colony, showing significant CNS depressant effects already studied by our research group. The present study aims to investigate the effects of acute and repeated administration of the essential oil of Alpinia zerumbet (OEAZ) in animal models of seizures in mice (males) intraperitoneally at doses of 100 and 200 mg / kg. OEAZ in the acute treatment model PTZ 85 mg / kg, showed neuroprotective effect both in seizure latency (LC) and in death latency (ML), only at dose 100 mg / kg. On the other hand, when using model ESTRIC in acute treatment, both doses studied showed anticonvulsant effect. In a model of acute PILO none of doses offered any neuroprotective effect. In ECS was observed anticonvulsant effect with respect to reducing the time of stretching, at both doses, compared to the control. However, after repeated administration for five days the OEAZ showed anticonvulsant effects in all parameters of all tests seizure-inducing studied, prolonging LC and LM when compared with the control group, this action may be directly related to the constituents of the oil, as monoterpenes.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7607
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_nlnascimento.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.