Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7603
Título: Ensino de Geografia: perspectiva histórico-curricular no Brasil republicano
Título em inglês: Education of geography: historical perspective curriculum in Brazil-republican
Autor(es): ARAÚJO, Raimundo Lenilde de
Orientador(es): RIBEIRO, Luís Távora Furtado
Palavras-chave: Geography
Education
Geografia - Estudo e ensino - Brasil - 1891-1996
Educação e estado - Brasil - 1891-1996
Currículos - Mudança - Brasil - 1891-1996
Livros didáticos - Brasil - 1891-1996
Data do documento: 2012
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: ARAÚJO, R. L.; RIBEIRO, L. T. F. (2012)
Resumo: Estudar e ensinar Geografia significa o desafio de conhecer e reconstruir o caminho traçado pela ciência geográfica, desde os estudos considerados como de geografia não formal até o conhecimento geográfico sistematizado cujo status de ciência foi adquirido no século XIX. Ao se estudar o ensino de Geografia numa perspectiva histórico-curricular tem-se como tese central a afirmação de que o ensino de Geografia nas escolas do Brasil é, na verdade, uma Geografia escolar estatal. Como problema central da tese tem-se: o que significou o ensino de Geografia em uma perspectiva histórico-curricular no contexto da história da educação no Brasil republicano entre 1891 e 1996? Esse recorte temporal justifica-se no sentido de que o primeiro representa o ano da primeira reforma republicana oficial e o segundo a mais recente. Definimos como objetivo geral estudar o ensino de geografia em uma perspectiva histórico-curricular no contexto da história da educação no Brasil republicano. Como objetivos específicos temos: fazer uma análise sobre a evolução da ciência geográfica e sobre a disciplina Geografia; compreender o ensino da disciplina de geografia levando-se em conta o contexto do currículo escolar; perceber a inserção dessa disciplina no contexto das reformas da educação brasileira; apresentar uma análise sobre a evolução do ensino de Geografia e sua inserção nas várias reformas da educação no Brasil e discutir a história dessa disciplina na escola, inter-relacionada com a história do livro. Escolhemos como procedimentos metodológicos um estudo de tipo bibliográfico, que é a modalidade de estudo e análise de documentos de domínio científico tais como livros, enciclopédias, periódicos, ensaios críticos, dicionários, e artigos, científicos. Verificou-se que, no período colonial, a Geografia não era considerada como disciplina; no período imperial, passou a ser lecionada apenas em algumas escolas; finalmente, no período republicano, foi ensinada inicialmente por intelectuais não geógrafos e, somente a partir dos anos de 1930, por geógrafos. A Geografia é uma disciplina fundamental no contexto da educação brasileira, muito importante do ponto de vista curricular e o seu ensino também está diretamente relacionado com a produção de recursos didáticos, especialmente o livro didático, produzido no Brasil: do século XIX, sem imagens, e aperfeiçoado no século XX, com a melhoria de qualidade e a utilização de imagens, gráficos, mapas, figuras, entre outros. No que se refere à tese defendida nesse trabalho confirma-se que a geografia escolar brasileira, assim como livro didático de Geografia foi produto de atuação estatal provenientes de legislação regulatória da atividade escolar no Brasil, ou seja, a geografia escolar brasileira é na realidade a geografia escolar estatal brasileira, o que implica em uma geografia ensinada levando em consideração: diretrizes, políticas e programas emanados dos órgãos gestores da educação brasileira.
Abstract: Studying and teaching Geography means the meeting the challenge of reconstructing the path raced by the geographical science, from the studies considered as non-formal geography to systematized knowledge, the status of which was acquired in the nineteen century. When studying the teaching of Geography in a historical-curriculum perspective we have as central theme that the teaching of Geography in schools of Brazil is actually a state school Geography. As the central problem of the thesis we defined: which did the teaching of geography mean in a historical perspective of the context of the education in Republic Brazil between 1981 and 1996? This former represents the first years of official Republican reform and the latter the most recent. We define as the general objective to study the teaching of geography in a historical perspective of history curriculum within the context of education in Republic Brazil. The specific objectives are: to make an analysis on the evolution of geographical science and Geography as a subject, understand the teaching of the subject of geography by taking into account the context of the school curriculum, presenting an analysis of the evolution of the teaching of geography and it place in the various education reforms in Brazil and discuss the history of the school subject, interrelated with the history of the book. Our methodological procedure selected was literature review, which is the type of study and analysis of scientific documents, such as books, encyclopedias, journals, critical essays, dictionaries, and scientific articles. It was found that, in the colonial period, Geography was not considered a subject; in the imperial period, it began to be taught only in some schools and, finally, in the Republican period, was taught initially by non-geographers intellectuals and, only from the years 1930 on, by geographers. Geography is a fundamental subject within the context of Brazilian education, very important from the standpoint, if curriculum and its teaching is also directly related to the production of teaching resources, especially the textbook, produced in Brazil: the nineteenth century, without images, and perfect in the twentieth century, with improved quality and use of images, graphics, maps, figures, among others. With regard to the thesis textbook, was, actually a producer of state action arising from the regulatory legislation of school activity in Brazil, in other words, the Brazilian school geography is actually Brazilian state-school geography, which implies a geography taught taking into account: guidelines, policies and programs emanating from the governing bodies of Brazilian education.
Descrição: ARAÚJO, Raimundo Lenilde de. Ensino de Geografia: perspectiva histórico-curricular no Brasil republicano. 2012. 139f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7603
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012-TESE-RLARAUJO.pdf1,05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.