Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7593
Title in Portuguese: Atividade antiinflamatória, cicatrizante e antimicrobiana do extrato aquoso de aroeirado-Sertão a 20% (myracrodruon urundeuva fr. All.) Aplicado em fraturas expostas induzidas em mandíbula de coelho
Title: Anti-inflammatory, healing and antimicrobial activities of the aqueous extract of the aroeira-do-sertão at 20% (myracrodruon urundeuva fr.all.) applied to induced exposed fractures in rabbit jaws
Author: Mello, Manoel de Jesus Rodrigues de
Advisor(s): Leite , José Alberto Dias
Keywords: Fitoterapia
Traumatismos Mandibulares
Extratos Vegetais
Issue Date: 2007
Citation: MELLO, Manoel de Jesus Rodrigues. Atividade antiinflamatória, cicatrizante e antimicrobiana do extrato aquoso de aroeira-do-sertão a 20% (Myracrodruon urundeuva fr. all.) aplicado em fraturas expostas induzidas em mandíbula de coelho. 2007. 78 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2007.
Abstract in Portuguese: O controle da cicatrização óssea tem grande importância na traumatologia, visto que os princípios que norteiam esta área são a limpeza da ferida, reduções precoces com fixação do foco da fratura, assegurando viabilidade circulatória local, prevenindo a infecção, principalmente nas fraturas expostas. A aroeira-do-sertão (Myracroduon urundeuva Fr. All), árvore da família Anacardiácea, é conhecida pelo seu uso popular com atividades antiinflamatórias e cicatrizantes, surgindo como alternativa terapêutica. Diante dessas qualidades, foram analisadas suas atividades, utilizando um modelo experimental em fraturas expostas induzidas em mandíbula de coelhos. Foram utilizados trinta coelhos, brancos, da raça Nova Zelândia, machos, com peso variando entre 1700 a 2100g, distribuídos em dois grupos de quinze animais. Os coelhos foram submetidos a tratamento cirúrgico, sob anestesia geral, para realização de fratura do corpo mandibular direito, ficando exposta para cavidade bucal por um período de quatro horas. Em todos os animais foi realizada a coleta do material do foco de fratura para análise microbiológica. Os animais foram distribuídos ao acaso, conforme o tratamento proposto: no grupo I, foram utilizados 300ml da solução de extrato aquoso de aroeira a 20% para irrigação do foco de fratura, durante 5 minutos. No grupo II, foi utilizado soro fisiológico a 0,9%, no mesmo volume e no mesmo tempo do grupo I, para irrigação do foco de fratura. Em todos os animais foi realizada a redução da fratura com fixação interna rígida, utilizando miniplacas de titânio do sistema 1,5mm. Foram realizados controles radiográficos do pós-operatório dos 7, 14 e 30 dias para análise da consolidação da fratura. Os grupos foram redistribuídos em subgrupos conforme o dia de eutanásia em SG7, SG14 e SG30 onde foi realizada a remoção do bloco ósseo da região operada para análise histológica pelo método de coloração do Tricrômico de Masson. Os animais foram analisados do ponto de vista clínico, radiológico e histológico. Na análise clínica, foi verificado o aspecto da ferida cirúrgica. O grupo I (aroeira) mostrou resultado pouco significante na cicatrização da ferida, quando comparado com o grupo II. No aspecto radiológico, o grupo tratado com aroeira não apresentou efeitos significativos quanto à consolidação. Do ponto de vista histológico, houve uma redução da concentração de bactérias no foco da fratura no grupo tratado com aroeira. O extrato aquoso de aroeira a 20% não tem efeito significativo na consolidação óssea de fraturas expostas induzidas em mandíbula de coelhos, no entanto, houve benefício na cicatrização da ferida e uma diminuição significativa das colônias bacterianas no foco das fraturas.
Abstract: Controlling bone healing is of great importance to traumatology, since some of the guiding principles of this area are the cleaning of the wound, the early fixation of the fracture, to assure the viability of the bone supply, and prevent the infection, especially in exposed fractures. The Aroeira-do-Sertão (Myracrodruon urundeuva Fr.All), tree of Anacardiceae family, is known for its popular uses as anti-inflammatory due to its healing activities, being a good therapeutic alternative. To investigate these properties we analyzed an experimental model using induced exposed fractures in rabbit jaws. Thirty white New Zealand male rabbits weighing between 1700 and 2100g, divided in two groups of fifteen animals each were used. The rabbits underwent surgical procedure under general anesthesia to fracture their right mandibular body, which was exposed to oral cavity for 4 hours. Material from the fracture site was collected for microbiological analysis. The animals were randomly distributed according to the proposed treatment. In Group I, 300ml of aqueous extract of Myracrodruon urundeuva at 20% was used for the irrigation of the focus of the fracture for 5 minutes. In Group II, sterile saline solution 0.9% at the same volume was used at the same way as Group I. All animals underwent fracture reduction with internal rigid fixation using 1,5mm titanium mini-plates. Before euthanasia, postoperatory radiographs were done by subgroups at 7, 14, and 30 days for analysis of the consolidation of the fractures, after which the bone fragment of the operated region was removed for histological analysis using the Masson Tricromic method. The animals were analyzed from the clinical, radiological and histological perspectives. The clinical analysis consisted in the visual verification of the aspect of the surgical wound. Group I (Myracrodruon urundeuva) showed a little improvement in healing when compared to Group II. Radiographically Groups II did not presented significant effects in the consolidation of the bone. Histologically reduction of the bacterial concentration was showed in the fracture in the Group I. The conclusion was that a Myracrodruon urundeuva aqueous extract at 20% has no significant effect in the consolidation of induced exposed fractures of rabbit jaws, but shows benefits in the healing of wounds, reducing the colonies of bacteria in the fractures sites significantly.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7593
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCIR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_dis_mjrmello.pdf4,53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.