Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/717
Title in Portuguese: Contribuições ao estudo da desigualdade de renda entre os Estados Brasileiros
Title: Contributions to the study of inequality of income between the Brazilian states
Author: Diniz, Marcelo Bentes
Advisor(s): Arraes, Ronaldo de Albuquerque e
Keywords: Desigualdade
Crescimento
Pobreza
Inequality
Growth
Poverty
Issue Date: 2005
Citation: DINIZ , Marcelo Bentes; ARRAES, Ronaldo Albuquerque. Contribuições ao estudo da desigualdade de renda entre os Estados Brasileiros. 2005. 209f. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Economia - CAEN, Fortaleza-CE, 2005
Abstract in Portuguese: Faz uma análise da desigualdade de renda considerando o conceito de renda domiciliar e tendo como unidade espacial os Estados brasileiros. Além de ampla discussão preliminar sobre os fatores que parcialmente explicam desigualdade, inclusive, os apontados pela literatura nacional, esta tese apresenta duas partes empíricas relevantes. A caracterização das distribuições de probabilidade que descrevem as distribuições de renda para os estados brasileiros, inclusive, apresentando diferente metodologia para cálculo de indicadores de desigualdade e pobreza. Dentro desse objetivo são apresentados dois conjuntos de informação: funções de Kernel e as distribuições de probabilidade “de melhor ajuste” as distribuições de renda de cada estado. Por seu turno, também são apresentadas duas estruturas teóricas, do qual decorrem diferentes contextos econométricos, com a finalidade de explicar as causas da desigualdade de renda no Brasil. Assim, com objetivo de captar a relação entre desigualdade e crescimento utiliza-se um modelo econométrico na estrutura de equações simultâneas para dados cross-section, com extensões para diferentes percentis da renda. Por seu turno, considerando um modelo teórico com apenas uma equação e, na estrutura de dados em painel, são realizadas estimações pelo método de Efeito Aleatório e Variáveis Instrumentais. Por fim, é elaborado um exercício com Regressões Quantílicas para captar como as variáveis selecionadas atingem diferentes grupos de Estados.
Abstract: Makes an analysis considering the household income concept aplied for brasilian states. Besides a large preliminary discussion concerning partial factors who explain inequality, including those ones assign to national literature, this thesis presents two relevant parts. The characterization of probability distribution that describe income distribution for brasilian states and a different methodology to calculate inequality and poverty indicators. Concerning this goal are present two information groups: Kernel Functions and “best adjustment” probability distributions for every state. By the way, are presents two theoretical structure, from result different econometrics framework, on the way to explain income inequality in Brazil. Thus, to catch the relationship between household income inequality and economic growth, was used first a framework based upon a simultaneous equation models applied in cross-sectional data for brazilian states with some extensions to different revenue percentiles. Otherwise, considering a theoretical model with just one equation and following panel data methodology to Random Effects and Instrumental Variables estimation. At the and was made an exercise using Quantiles Regressions to catch the selected variables effects on different groups of states.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/717
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:CAEN - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese de Marcelo Bentes Diniz seguro 2011.pdf1,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.