Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7008
Title in Portuguese: Resultado de enfermagem equilíbrio hídrico no pós-operatório de cirurgia cardíaca : análise do conceito e construção de definições operacionais
Title: Nursing outcome fluid balance in the postoperative period of cardiac surgery : concept analysis and construction of operational definitions
Author: Melo, Renata Pereira de
Advisor(s): Lopes, Marcos Venícios de Oliveira
Keywords: Formação de Conceito
Equilíbrio Hidroeletrolítico
Avaliação em Enfermagem
Issue Date: 2012
Citation: MELO, R. P. Resultado de enfermagem equilíbrio híbrido no pós-operatório de cirurgia cardíaca : análise do conceito e construção de definições operacionais. 2012. 222 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: Esta tese teve o objetivo de revisar o conceito do resultado de enfermagem Equilíbrio Hídrico da Nursing Outcomes Classification (NOC) em pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca e desenvolver definições operacionais. Para isso, realizou-se análise do conceito, segundo o modelo de Walker e Avant (2005), utilizando a revisão integrativa para busca. A mesma foi empreendida de outubro a dezembro/2010, com base nas questões norteadoras: que indicadores permitem a avaliação do volume de líquidos corporais no período pós-operatório de cirurgia cardíaca? Como esses indicadores são definidos e como podem ser avaliados? Quais as características ou valores indicativos de normalidade e de alteração no volume de líquidos corporais, no período pós-operatório de cirurgia cardíaca? Para busca, utilizaram-se os descritores equilíbrio hidroeletrolítico, cirurgia torácica e período pós-operatório. A amostra foi composta por artigos que contemplassem pelo menos uma das questões norteadoras; com resumo disponível; texto completo acessível pelo Portal da CAPES, pelo sistema eletrônico da University of Iowa ou pelo sistema de comutação; em português, inglês ou espanhol. Foram excluídos os editoriais, cartas ao editor, estudos reflexivos, relatos de experiência, anais de eventos, produções duplicadas e pesquisas com animais. Após o levantamento, as produções foram submetidas a quatro etapas de avaliação, que resultaram na seleção de 48 artigos (CINAHL: 12; PubMed: 12; Scopus: 21; Lilacs: 3). Destacaram-se os estudos de revisão narrativa, coorte e descritivos (nível de evidência IV e VI). A partir da análise, identificaram-se quatorze indicadores, além dos vinte e três presentes no resultado Equilíbrio Hídrico da NOC. A revisão integrativa teve contribuição limitada para a construção das definições operacionais, sobretudo devido à natureza do conceito de interesse. A análise do conceito evidenciou os atributos: movimento de solvente e/ou soluto (ativo ou passivo) através de membranas semi-permeáveis e entre compartimentos fisiológicos; regulação efetiva por mecanismos homeostáticos (gradiente entre a pressão hidrostática e coloidosmótica, eletroneutralidade e mecanismos neuro-hormonais); e manutenção da concentração e do volume dos compartimentos. O caso modelo refletiu indivíduo saudável, com funções hormonais e de controle dos compartimentos hídricos preservadas, enquanto os casos contrários se opuseram aos atributos apenas em parte. Os casos limítrofes compreenderam as situações mórbidas, nas quais ocorrem alteração de, no máximo, dois atributos. Os antecedentes do Equilíbrio Hídrico corresponderam às condições orgânicas, comportamentais e/ou ambientais que se opunham àquelas listadas para o desequilíbrio, ou mesmo sua ausência. Os consequentes do desequilíbrio abrangeram os estados de déficit e excesso de líquidos, bem como os conceitos relacionados de hidratação, equilíbrio eletrolítico (sódio) e perfusão, tanto sistêmica (volemia) quando localizada (tecidual). Já o consequente do equilíbrio consistiu na homeostase hídrica ou na ausência dos consequentes de desequilíbrio, enquanto os referentes empíricos corresponderam aos indicadores. A análise do conceito permitiu delimitar seu escopo e identificar quais parâmetros asseguram sua presença ou mesmo sua alteração (desequilíbrio). O mesmo engloba os fenômenos de equilíbrio eletrolítico, perfusão e hidratação e está além da simples mensuração e controle das perdas e ganhos de líquidos. Como fase inicial da validação do resultado de enfermagem, requer o desenvolvimento de pesquisa com experts e clínica.
Abstract: This PhD dissertation aimed to review the concept of the nursing outcome Fluid Balance from the Nursing Outcome Classification (NOC) in postoperative patients who underwent cardiac surgery, and develop operational definitions. For so, a concept analysis was carried out according to the Walker and Avant Model (2005), using the integrative review for searching. It was developed from October to December/2010, based on the leading questions: Which indicators allow the body fluid volume assessment on the postoperative period of cardiac surgery? How these indicators are defined and how could they be evaluated? Which features or values are indicative of normal and altered body fluid volume on the postoperative period of cardiac surgery? Water electrolyte balance, thoracic surgery, and postoperative period were used as searching descriptors. The sample consisted of articles which answered at least one of the searching question(s); with full text available through Portal da CAPES, the University of Iowa electronic system, or the interlibrary loan service; in Portuguese, English, or Spanish. Editorials, letters to the editor, qualitative studies, case report studies, proceedings, duplicate articles, and animal research were excluded. The identified works were submitted to a four step evaluation, which resulted on the selection of 48 articles (CINAHL: 12; PubMed: 12; Scopus: 21; Lilacs: 3). Predominated the narrative reviews, cohort, and descriptive studies (level of evidence IV and VI). From the analysis, 14 indicators were identified, plus the 23 present on the Fluid Balance NOC outcome. The integrative review had a limited contribution for the operational definitions construction, mainly due to the nature of the concept of interest. The concept analysis highlighted the attributes: solvent and/or solute movement (active or passive) through semi-permeable membranes and between physiological compartments; effective regulation by homeostatic mechanisms (gradient between hydrostatic and coloidosmotic pressure, electroneutrality, and neurohormonal mechanisms); and maintenance of compartments concentration and volume. The case model represented a healthy individual, with hormonal and fluid compartments control functions preserved, whereas the contrary cases opposed the attributes partially. The borderline cases consisted of morbid situations in which alterations occurred in at most two attributes. The antecedents of fluid balance corresponded to organic, behavioral, and/or environmental conditions that opposed to those listed for the unbalance, or even their absence. The consequences of unbalance encompassed the estates of fluid deficit or excess, as well as the related concepts of hydration, electrolyte balance (sodium) and systemic (volemia) and local (tissue) perfusion. The consequence of balance consisted of the fluid homeostasis or the absence of consequences of unbalance while the empirical referents corresponded to the indicators. The concept analysis allowed its scope delimitation and identify which parameters assure its presence or even its alteration (unbalance). It encompasses the electrolyte balance, perfusion, and hydration phenomena and is beyond the simple measurement and control of fluid intake and output. As initial validity phase of the nursing outcome, it requires the development of experts and clinical research.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7008
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tese_rpmelo.pdf2,22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.