Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/689
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGondim, Maria das Graças Freitas-
dc.contributor.authorSilva, Lúcia Maria Ramos-
dc.contributor.authorKhan, Ahmad Saeed-
dc.contributor.authorSousa Neto, José de-
dc.date.accessioned2011-08-22T20:32:54Z-
dc.date.available2011-08-22T20:32:54Z-
dc.date.issued2004-
dc.identifier.citationGONDIM, Maria das Gracas Freitas; SILVA, Lúcia Maria Ramos ; KHAN, Ahmad Saeed; SOUSA NETO, José de. Retorno e risco do mercado de frutas selecionadas no estado do Ceara: Uma aplicacao a teoria do portfolio. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 35, Número Especial, p. 171–178, out/2004.pt_BR
dc.identifier.issn1806-6690-
dc.identifier.issn0045-6888-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/689-
dc.description.abstractThe objective of this study is to determine the return and risk of marketing the main fruit (assets) from Central supply agency of the State of Ceará, that is to say, banana (selected as the basic fruit in the formation of the wallets),avocado, orange, papaya and passionflower by using the Theory of Portfolio defended by Markowitz. Based of these results, it is concluded: that is not advisable to investment in banana and avocado or in the combination of these in a wallet, once they presented individually or combined negative expected returns, while the orange presented the largest return, however, higher risk than the one of the other assets (except for the papaya) or of its combinations; the diversification can reduce or not risk of the wallet once this is associated to different magnitude of different expected returns to individual assets.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Ciência Agronômicapt_BR
dc.subjectFrutaspt_BR
dc.subjectAtivospt_BR
dc.subjectRetornopt_BR
dc.subjectTeoria do Portifoliopt_BR
dc.subjectRiscopt_BR
dc.titleRetorno e risco da comercialização de frutas selecionadas no estado do Ceará: uma aplicação da teoria do portfóliopt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste estudo objetivou determinar o retorno e o risco das principais frutas (ativos) comercializadas na Central de Abastecimento do Estado do Ceará, quais sejam, banana (selecionada como a fruta básica na formação das carteiras), abacate, laranja, mamão e maracujá. Para tanto, utilizou-se a Teoria do Portfólio defendida por Markowitz. Com base nos resultados, concluiu-se: não é aconselhável investimentos em banana e abacate isoladamente ou na combinação destes em uma carteira, uma vez que apresentaram individualmente ou combinados retornos esperados negativos, enquanto que a laranja apresentou o maior retorno, contudo, risco mais elevado do que o dos outros ativos (exceto para o mamão) ou das suas combinações; a diversificação poderá reduzir ou não o risco da carteira uma vez que este está associado a magnitude dos diferentes retornos esperados dos ativos individuais.pt_BR
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2004_art_mggondim.pdf202,84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.