Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/664
Title in Portuguese: Crescimento econômico, abertura comercial e bem estar no Brasil
Author: Lima, Francisco Soares de
Advisor(s): Barreto, Flávio Ataliba Flexa Daltro
Keywords: Crescimento Econômico
Issue Date: 2003
Citation: LIMA, Francisco Soares de. Crescimento econômico, abertura comercial e bem estar no Brasil. Tese(Doutorado). Unioversidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2011
Abstract in Portuguese: A defasagem entre os indicadores de bem-estar e a capacidade produtiva dos estados brasileiros, no período entre 1986 e 1998, é investigada neste trabalho. O estudo é composto por três ensaios com objetivos e metodologia distintos. Inicialmente, foram estimadas medidas de eficiência na geração de bem-estar usando a metodologia conhecida como data envolpment analysis – DEA. Em seguida, com o uso de dados em painel, foi investigada a relação entre a dotação relativa de fatores de produção, a abertura econômica e a desigualdade na distribuição da renda. Finalmente, a partir da definição de uma medida de incidência de pobreza, são estimados os efeitos do crescimento econômico e da redução da desigualdade sobre a pobreza. Entre os principais resultados, foi verificado que a ineficiência em distribuir renda é maior do que a ineficiência produtiva dos estados brasileiros. No entanto, em média, a eficiência em gerar bem-estar aumentou no período amostral. Estimou-se a existência de relação negativa entre dotação de capital humano e abertura econômica com a concentração da renda. Quanto à pobreza, foram estimadas elasticidades renda-pobreza e concentração-pobreza. Verificou-se que a elasticidade concentração-pobreza é maior do que a elasticidade renda-pobreza. Além disto, a elasticidade renda-pobreza aumenta com a desconcentração da renda e a elasticidade concentração-pobreza é crescente em relação ao nível de renda.
Abstract: The imbalance between well-being measures and productive capacity of the Brazilian states, in the period between 1986 and 1998, is investigated in this work. The study is composed three assays with distinct objectives and methodology. Inicially, measures of efficiency in the well-being generation are stimated using the methodology know as data envolpment analysis - DEA. After this, with use of panel data, the relation between the relative endowment of production factors, economic opening and the inequality in the distribution of the income was investigated. Finally, from the definition of measure of poverty incidence, the effect of the economic growth and the reduction of the inaquality on the poverty are estimated. Between the main results, it was verified that the inefficiency in distributing income is bigger of the one than the productive inefficiency of the Brazilian states. However, in average, the efficiency in generating well-being increased in the amostral period. It was esteem existence of negative relation between endowment of human capital and economic opening with the concentration of the income. How much to the poverty, elasticities had been esteem income-poverty and concentration-poverty. It was verified that the elasticity concentration-poverty is bigger of the one than the elasticity income-poverty. Moreover, the elasticity income-poverty increases with the desconcentração of the income and the elasticity concentration-poverty is increasing in relation to the income level.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/664
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:CAEN - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_de_FRANCISCO_SOARES_DE_LIMA_seguro_2011[1].pdf644,12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.