Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6285
Title in Portuguese: Caminhos da convergência da renda agropecuária no Brasil: Uma análise a partir do processo de Markov de primeira ordem para o período de 1996 a 2009
Author: Valois, Isabela da Silva
Advisor(s): Khan, Ahmad Saeed
Co-advisor(s): Sousa, Eliane Pinheiro de
Keywords: Convergência de renda agropecuária
Processo Markoviano
Unidades federativas brasileiras
Issue Date: 2012
Citation: VALOIS, Isabela da Silva. Caminhos da convergência da renda agropecuária no Brasil: Uma análise a partir do processo de Markov de primeira ordem para o período de 1996 a 2009, Fortaleza-Ce. 2012. 94f.: Dissertação (Mestrado em Economia Rural)- Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrária, Departamento de Economia Agrícola, Programa de Pós-Graduação em Economia Rural, Fortaleza-CE, 2012.
Abstract in Portuguese: O setor agropecuário brasileiro tem apresentado no período de pós estabilização do Plano Real (1996-2009) uma dinâmica econômica satisfatória, em que o nível de produto agropecuário iniciou uma trajetória ascendente e praticamente ininterrupta de crescimento. Tal performance sugere que as economias estaduais estejam passando por um processo de catching up, em que no longo prazo existiria uma tendência das economias mais pobres alcançarem o mesmo nível de crescimento econômico (em termos de PIB per capita agropecuário) das economias mais ricas, configurando um processo de convergência no steady state. Eom efeito, este, trabalho busca analisar a convergência da renda agropecuária per capita entre os estados do Brasil, verificando se a dinâmica do setor agrícola teria contribuído para a redução das desigualdades interestaduais preexistentes. Para tal, fez-se uso do processo markoviano de primeira ordem. Os resultados apontaram a ocorrência de movimentos de retrocesso das economias para níveis de renda per capita agropecuária inferiores, indicando que as economias em análise apresentaram uma tendência de empobrecimento, apesar do crescimento econômico global do setor ao longo do período. Dentre os fatores que levariam tais economias a trilharem uma trajetória de empobrecimento, pode-se citar a ênfase das políticas públicas às culturas de exportação, não contempladas por todas as unidades federativas do País, o que resultaria no fortalecimento das economias estaduais já desenvolvidas, em detrimento das que se encontram em desenvolvimento; além dos movimentos migratórios da mão-de-obra agropecuária para os centros produtores agrícolas mais desenvolvidos, causando o “Efeito Rainha Vermelha”, em que o crescimento do PIB agropecuário não se traduziria em crescimento das rendas per capita no campo. Contudo, o foco deste estudo consiste na identificação da ocorrência do processo de convergência/divergência, sem inferir sobre as causas que levariam ao desencadeamento de tal movimento, já que tais fatores abrem espaço para novos estudos que busquem investigálos, a fim de poder fornecer instrumentos de formulação de políticas públicas agropecuárias direcionadas à minimização ou mesmo reversão das causas que levam à pobreza no campo.
Abstract: The Brazilian agricultural sector has made in the period of stabilization after the Real Plan (1996-2009) a satisfactory economic dynamics, in which the level of agricultural products began an upward trend and virtually uninterrupted growth. This performance suggests that state economies are undergoing a process of catching up, which in the long run there would be a tendency for poorer economies achieve the same level of economic growth (in terms of per capita agricultural GDP) of the richest economies, setting a process of convergence to steady state. Accordingly, this paper seeks to analyze the convergence of per capita agricultural income between the states of Brazil, making sure that the dynamics of the agricultural sector had contributed to the reduction of inequalities existing interstate. To this end, it was used the first-order Markov process. The results indicate the occurrence of movements backward economies to levels of income per capita agricultural lower, indicating that the economies under review showed a trend of impoverishment, despite the global economic growth presented by the sector over the period. Among the factors that led these economies to tread a path of impoverishment, one can cite the emphasis of public policy to export crops, not covered by all the federating units of the country, which would result in the strengthening of the state economies have developed, expense of which are under development; beyond the migration of manpower for the agricultural production centers in more developed agricultural, causing the "Red Queen Effect," in which the growth of agricultural GDP does not translate into growth of income per capita in the field. However, the focus of this study is to identify the occurrence of convergence / divergence, no inferences about the causes that led to the initiation of such a movement, since these factors make room for new studies that seek to investigate them, in order to provide tools for the formulation of agricultural policies aimed at minimizing or even reversal of the causes that lead to poverty in the countryside.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6285
Appears in Collections:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_isvalois.pdf570,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.