Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56643
Title in Portuguese: Clínica Histórico-Cultural: caracterizando um método de atuação em psicoterapia
Title: Cultural-Historical Clinic: featuring a psychotherapy working method
Author: Clarindo, Janailson Monteiro
Advisor(s): Colaço, Veriana de Fátima Rodrigues
Keywords: Clínica
Psicoterapia
Psicologia Histórico-Cultural
Método
Issue Date: 2020
Citation: CLARINDO, Janailson Monteiro. Clínica Histórico-Cultural: caracterizando um método de atuação em psicoterapia. Orientadora: Veriana de Fátima Rodrigues Colaço. 2020. 203 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Programa de Pós-graduação em Psicologia, Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: A Psicologia-Histórico-Cultural, principal base teórica deste trabalho, é classicamente ligada a campos de atuação da ciência psicológica relacionados à Psicologia Escolar/Educacional, à Psicologia Social e à Psicologia do Trabalho, enquanto que a área da clínica e, mais especificamente, da psicoterapia foi relativamente ignorada por profissionais e pesquisadores seguidores dessa abordagem. Esta pesquisa tenta contribuir para preencher essa lacuna histórica, centrando-se no campo metodológico, partindo de um questionamento que levantamos sobre como as bases teóricas e o método proposto por Vygotsky podem servir de fundamento à prática psicoterápica. Com base nesta questão de pesquisa, o objetivo principal desta tese é compreender a articulação entre os pressupostos teórico-metodológicos da Psicologia Histórico-Cultural e a prática psicoterápica, visando caracterizar a prática psicoterápica de base histórico-cultural. Para isso, realizamos uma pesquisa qualitativa, na qual foi feita uma revisão de literatura, inspirada na metodologia da revisão sistemática, e os dados produzidos foram complementados por reflexões a partir da realização da análise de relatórios de estágio em clínica psicológica histórico-cultural de estudantes concludentes do curso de Psicologia de uma Instituição de Ensino Superior e da análise de três entrevistas feitas a psicoterapeutas que usam a Psicologia Histórico-Cultural como base para suas práticas. Tais dados foram articulados, também, com nossa experiência profissional com a clínica, fundamentada na teoria vygotskiana. Os dados construídos foram trabalhados a partir de uma análise interpretativa, inspirada nos princípios da Psicologia Histórico-Cultural. Nesta pesquisa, tomamos como categorias analíticas teóricas, especificamente, os conceitos de mediação, consciência, zona de desenvolvimento proximal (ZDP), visão de sujeito na clínica psicoterápica histórico-cultural, psicopatologia a partir da Psicologia Histórico-Cultural e vivência. E as categorias analíticas empíricas construídas foram 1) as técnicas mediadoras usadas em um contexto clínico histórico-cultural e 2) os princípios básicos de uma atuação clínica histórico-cultural. Como principais resultados, vimos que ainda carecemos de pesquisas que aprofundem o tema da clínica psicoterápica a partir do olhar histórico-cultural, mas que já é possível se pensar em um método clínico psicoterápico a partir dessa perspectiva que seja fiel aos princípios teórico-metodológicos da teoria. Quando isso ocorre, o principal objetivo de um psicoterapeuta histórico-cultural é assumir um papel de mediador na interação dialógica com o sujeito, visando à ressignificação de processos e posterior transformação da ação.
Abstract: The Cultural-Historical Psychology, the main theoretical basis of this work, is classically linked to psychological fields related to School / Educational Psychology, Social Psychology and Work Psychology, while the clinical area and, more specifically, psychotherapy was relatively ignored by professionals and researchers who followed this approach. This research tries to contribute to fill this historical gap, focusing on the methodological field, starting from a question that we raised about how the theoretical bases and the method proposed by Vygotsky can serve as a foundation for psychotherapeutic practice. Based on this research question, the main objective of this thesis is to understand the articulation between the theoretical and methodological assumptions of Cultural-Historical Psychology and psychotherapeutic practice, aiming to characterize psychotherapeutic practice with a cultural-historical basis. For this, we conducted a qualitative research, in which a literature review was made, inspired by teh systematic review methodology, and the data produced was complemented by reflections from the analysis of clinic cultural-historical internship reports of Psychology students concluding their graduation and the analysis of three interviews with psychotherapists who use Cultural-Historical Psychology as the basis for their practices. Such data were also linked to our professional experience with the clinic, based on Vygotskian theory. The constructed data were worked from an interpretive analysis, inspired by the principles of Historical-Cultural Psychology. In this research, we take as theoretical analytical categories, specifically, the concepts of mediation, conscience and zone of proximal development (ZPD), the notion of subject in the cultural-historical psychotherapeutic clinic, psychopathology from the point of view of Cultural-Historical Psychology and experience. And the empirical analytical categories constructed were 1) the mediating techniques used in a clinical cultural-historical context and 2) the basic principles of a cultural-historical clinical performance. As main results, we saw that we still need research that deepens the theme of psychotherapeutic clinic from the cultural-historical point of view, but it is already possible to think of a psychotherapeutic clinical method from this perspective that is faithful to the theoretical-methodological principles of the theory. When this occurs, the main objective of a cultural-historical psychotherapist is to assume a mediating role in the dialogical interaction with a subject, aiming at the reframing of processes and the subsequent transformation of the action.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56643
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGP - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_jmclarindo.pdf1,85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.