Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56601
Title in Portuguese: Efeito da estrutura de propriedade e estrutura de remuneração em decisões que afetam a mitigação de emissões de gases do efeito estufa
Author: Vasconcelos, Victor Daniel
Advisor(s): Abreu, Mônica Cavalcanti Sá de
Keywords: Estratégias
Propriedade
Salários
Executivos
Mudanças climáticas
Issue Date: 16-Feb-2021
Citation: VASCONCELOS, V. D. Efeito da estrutura de propriedade e estrutura de remuneração em decisões que afetam a mitigação de emissões de gases do efeito estufa. 2021. 69 f. Dissertação (Mestrado em Administração e Controladoria) – Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.
Abstract in Portuguese: A mudança climática pode ser considerada a ameaça mais persistente à estabilidade global no século XXI. Empresas mobilizam-se em diferentes tipos de respostas estratégicas, conforme as pressões sobre mudanças climáticas, com o objetivo de ter um equilíbrio adequado entre legitimidade e competitividade, desenvolvendo estratégias concretas e viáveis para diminuir emissões de CO2 e melhorar a eficiência das operações organizacionais. Elementos estratégicos, como o aumento da eficiência operacional e o desenvolvimento de produtos menos intensivos em emissões de GEE são considerados soluções empresariais para esta questão e fatores, como estrutura de propriedade e estrutura de remuneração também impactam nas decisões de investimentos em projetos de mitigação e adaptação as emissões de gases de efeito estufa (GEE). O trabalho investiga o impacto da estrutura de propriedade e estrutura de remuneração nas decisões que afetam a mitigação de emissões de (GEE). Esta pesquisa tem como base a teoria da agência e assume a hipótese de que a adoção de estratégias climáticas corporativas é influenciada pela estrutura de propriedade e estrutura de remuneração da empresa. Foram analisadas empresas brasileiras de capital aberto que realizaram seu inventário de emissão de GEE entre os anos de 2010 e 2018. Realizou-se análise descritiva e foram processadas estimações por meio do método generalizado de momentos sistêmico (GMM-SYS), como variável dependente utilizou-se o logaritmo natural da razão entre emissões de GEE e receita bruta. Resultados econométricos indicam que um maior percentual de ações nas mãos de investidores institucionais favorece a redução de emissões de GEE, no caso de propriedade de ações da empresa nas mãos de diretores executivos e de investidores ativistas não foi identificada uma relação significante com a redução de emissões de GEE. Os resultados também indicam existir uma relação não significante entre a remuneração fixa e variável dos executivos com o aumento de emissão de gases do efeito estufa e a remuneração dos executivos por opções de ações demonstrou uma relação negativa com o aumento das emissões de gases do efeito estufa. A pesquisa reforça a importância de tipos de estrutura de propriedade e estrutura de remuneração em decisões que proporcionam incentivos para enfrentar o aquecimento global, contribuindo para a formulação de políticas públicas com o objetivo de melhorar o comportamento ambiental das empresas brasileiras e auxiliar os gestores em tomadas de decisões para a mitigação de emissões de GEE.
Abstract: Climate change is possibly the most persistent threat to global stability in the 21st century. Companies mobilize in different types of strategic responses, according to climate change pressures, in an effort to have an adequate balance between legitimacy and competitiveness by developing concrete and achievable strategies to decrease CO2 emissions and improve the efficiency of organizational operations. Strategic elements such as increasing operational efficiency and developing less GHG emission intensive products are considered to be business solutions to this issue, and factors such as ownership structure and compensation structure also impact investment decisions in greenhouse gas (GHG) mitigation and adaptation projects. This research investigates the impact of ownership structure and compensation structure on decisions affecting the mitigation of greenhouse gas (GHG) emissions. This study is based on agency theory and assumes the hypothesis that the adoption of climate change strategies is influenced by the ownership structure and compensation structure of the firm, Brazilian publicly traded companies that conducted their GHG emission inventories between the years 2010 and 2018 were analyzed. Descriptive analysis was performed and estimations were processed using the generalized method of systemic moments (GMM-SYS), the natural logarithm of the ratio of GHG emissions to gross revenue was used as the dependent variable. Econometric results indicate that a higher percentage of shares in the hands of institutional investors favors the reduction of GHG emissions. ownership in the hands of executive directors and activist investors does not have a significant relationship with GHG emission reductions. The results also indicate there is a non-significant relationship between fixed and variable executive compensation with increased greenhouse gas emissions and stock option executive compensation evidenced a negative relationship with increased greenhouse gas emissions. The research reinforces the importance of types of ownership structure and compensation structure in decisions that provide incentives to address global warming, contributing to the formulation of public policies aimed at improving the environmental behavior of Brazilian companies and supporting managers in decision making for the mitigation of GHG emissions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56601
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPAC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_dis_vdvasconcelos.pdf559,37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.