Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56489
Title in Portuguese: Efeitos nasais da expansão rápida de maxila assistida cirurgicamente: revisão sistemática da literatura e ensaio clínico randomizado através de tomografia computadorizada de feixe cônico
Author: Medeiros, José Rômulo de
Advisor(s): Soares, Eduardo Costa Studart
Keywords: Septo Nasal
Cavidade Nasal
Técnica de Expansão Palatina
Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico
Issue Date: 7-Dec-2020
Citation: MEDEIROS, J. R. Efeitos nasais da expansão rápida de maxila assistida cirurgicamente: revisão sistemática da literatura e ensaio clínico randomizado através de tomografia computadorizada de feixe cônico. 2020. 121 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Na diversidade das deformidades faciais, tem-se a deficiência transversa de maxila como a mais prevalente. As principais características desta alteração são presença de palato ogival, apinhamentos dentais, rotações dentais e mordida cruzada posterior uni ou bilateral, havendo déficit no perímetro do arco dental. A alteração relaciona-se com diminuição da patência das vias aéreas superiores e com alteração dos padrões respiratórios. A expansão rápida de maxila assistida cirurgicamente (ERMAC) é a principal técnica empregada para o tratamento das deficiências transversas de maxila em pacientes com maturidade esquelética, podendo ou não se realizar a disjunção pterigomaxilar (DP) durante o procedimento cirúrgico. O efeito da ERMAC, com ou sem DP, na cavidade nasal ainda não é bem consolidado na literatura. Assim, a presente tese tem objetivos divididos em dois capítulos. No capítulo 1, realizou-se uma revisão sistemática da literatura, em duas etapas, com base no PROSPERO, a fim de se investigar os efeitos da ERMAC na cavidade nasal, septo nasal e região paranasal. Para localização dos artigos, utilizou-se estratégia de busca em nove bases de dados e na literatura cinzenta. Os 8 estudos selecionados incluíram um total de 180 indivíduos adultos e utilizaram análises por tomografia computadorizada de feixes cônicos, radiografia cefalométrica frontal, fotografias em 3D e rinometria acústica. Os principais desfechos avaliados foram volume da cavidade nasal (VCN), área da secção transversal mínima (ASTM) da cavidade nasal, posicionamento do septo nasal, largura da cavidade nasal e volume do nariz (em tecidos moles). No capítulo 2, realizou-se um ensaio clínico,randomizado, duplo-cego, com o propósito de avaliar as alterações da cavidade nasal, incluindo o septo nasal, após a realização da expansão rápida de maxila assistida cirurgicamente com DP (grupo +DP) e sem DP (grupo -DP).Vinte e quatro pacientes de ambos os sexos, com idades de 18 a 45 anos, igualmente divididos nos dois grupos permitiram uma amostra representativa com 80% de poder e 95% de confiança. O desfecho primário adotado para o presente estudo foi a largura nasal, enquanto os desfechos secundários foram a alteração angular do septo nasal, mensurações de tecidos moles nasolabiais e a análise por superposição de imagens. Os softwares 3D Slicer (versão 4.6.2) e ITK-Snap (versão 3.6.0) foram utilizados para as mensurações volumétricas da cavidade nasal, angulares do septo nasal e por superposição de imagens. Os tecidos moles nasais foram também avaliados através do software Dolphin Imaging 3D®. As avaliações foram realizadas no pré-operatório imediato (T1), imediatamente após o fim da expansão (T2) e após seis meses da cirurgia (T3). As cirurgias de ERMAC proporcionaram aumento estatisticamente significante dos tecidos duros, no tocante a largura da parede lateral da cavidade nasal (LNR-L), com p-Valor < 0,001; no grupo – DP e p-Valor = 0,009; no grupo + DP, e ao nível da espinha nasal anterior (ENAR-L), com p-Valor < 0,001; em ambos os grupos, com repercussão mínima e não significante nos tecidos moles, após 6 meses do travamento do Hyrax, assim, a DP não influenciou nestes desfechos e não deveria ser indicada com o objetivo de aumentar as dimensões da largura da parede lateral da cavidade nasal. A DP proporcionou menor quantidade de movimentação do septo nasal, quanto ao Yaw (p-Valor = 0,025), desta forma, poderia ser indicada em pacientes que já apresentem desvios de septo, sem implicações funcionais, com o objetivo de evitar a possibilidade de agravo do desvio e piora funcional da permeabilidade respiratória na região da válvula nasal. O presente estudo concluiu ainda que a quantidade de expansão que resta ao fim de 6 meses de travamento do Hyrax na região do soalho nasal, ao nível dos caninos e dos segundos molares superiores é muito pequena, confirmando o padrão em “V” já conhecido, e que não sofreu influência da DP. Os achados do presente estudo sugerem que mais pesquisas com desenho semelhante ao utilizado neste trabalho seriam interessantes para que se possa correlacionar os dados obtidos de exames tomográficos de diferentes estudos; seria importante ainda que pesquisas envolvendo parâmetros clínicos e funcionais possam ser comparadas aos achados tomográficos em estudos futuros.
Abstract: In the diversity of facial deformities, transverse maxilla deficiency is the most prevalent. The main characteristics of this alteration are the presence of ogival palate, dental crowding, dental rotations and uni or bilateral posterior crossbite, with a deficit in the perimeter of the dental arch. The change is related to decreased patency of the upper airways and altered breathing patterns. Surgically assisted rapid maxillary expansion (SARME) is the main technique used to treat transverse maxillary deficiencies in patients with skeletal maturity, with or without pterygomaxillary disjunction (PD) during the surgical procedure. The effect of SARME, with or without PD, on the nasal cavity is still not well established in the literature. Thus, the present thesis has objectives divided into two chapters. In chapter 1, there was a systematic review of the literature, in two stages, based on PROSPERO, in order to investigate the effects of SARME on the nasal cavity, nasal septum and paranasal region. To locate the articles, a search strategy was used in nine databases and in the gray literature. The 8 selected studies included a total of 180 adult individuals and used analyzes using cone beam computed tomography, frontal cephalometric radiography, 3D photographs and acoustic rhinometry. The main outcomes assessed were nasal cavity volume (VCN), minimum cross-sectional area (ASTM) of the nasal cavity, positioning of the nasal septum, width of the nasal cavity and volume of the nose (in soft tissues). In chapter 2, a randomized, double-blind clinical trial was carried out, with the purpose of evaluating changes in the nasal cavity, including the nasal septum, after performing SARME with PD (group + DP) and without PD (PD group). Twenty-four patients of both sexes, aged 18 to 45 years, equally divided into the two groups allowed a representative sample with 80% power and 95% confidence. The primary end point adopted for the present study was the nasal width, while the secondary end points were the angular alteration of the nasal septum, measurements of nasolabial soft tissues and the analysis by superimposing images.The software 3D Slicer (version 4.6.2) and ITK-Snap (version 3.6.0) were used for the volumetric measurements of the nasal cavity, angular of the nasal septum and by superimposing images. Nasal soft tissues were also evaluated using Dolphin Imaging 3D® software. The evaluations were performed in the immediate preoperative period (T1), immediately after the end of the expansion (T2) and six months after the surgery (T3). SARME surgeries provided a statistically significant increase in hard tissues, regarding the width of the lateral wall of the nasal cavity (LNR-L), with p-value <0.001; in the group - PD and p-Value = 0.009; in the + PD group, and at the level of the anterior nasal spine (ENAR-L), with p-Value <0.001; in both groups, with minimal and non-significant soft tissue repercussions, after 6 months of Hyrax locking, thus, PD did not influence these outcomes and should not be indicated in order to increase the dimensions of the width of the lateral wall of the cavity nasal. PD provided less amount of nasal septum movement as compared to Yaw (p-value = 0.025), so it could be indicated in patients who already have deviated septum, without functional implications, in order to avoid the possibility of injury deviation and functional worsening of respiratory permeability in the nasal valve region. The present study also concluded that the amount of expansion that remains after 6 months of locking Hyrax in the nasal floor region, at the level of the canines and upper second molars, is very small, confirming the already known “V” pattern, and who was not influenced by PD. The findings of the present study suggest that further research with a design similar to the one used in this work would be interesting so that the data obtained from CT scans from different studies can be correlated; it would also be important that research involving clinical and functional parameters can be compared to tomographic findings in future studies.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56489
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DCOD - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_jrmedeiros.pdf6,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.