Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/54721
Title in Portuguese: Laços relacionais no varejo supermercadista
Author: Arraes, Vívian Larissa Alves Araújo
Advisor(s): Silva, Áurio Lúcio Leocádio da
Keywords: Marketing de relacionamento
Comportamento do consumidor
Comércio varejista
Issue Date: 27-Aug-2019
Citation: ARRAES, V. L. A. A. Laços relacionais no varejo supermercadista. 2019. 201 f. Dissertação (Mestrado em Administração e Controladoria) – Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O presente estudo tem por objetivo analisar os laços que influenciam o relacionamento entre cliente e varejo supermercadista no contexto de uma cidade de médio porte. Esta pesquisa baseia-se na literatura de marketing de relacionamento, com destaque para a teoria dos laços relacionais, envolvendo, no vínculo entre consumidor e varejista, os seguintes laços: socioemocionais, psicológicos e culturais, econômicos, de serviços diferenciados, operacionais, geográficos, de conveniência, de ambiente e de lealdade. Tais laços fundamentam a questão de pesquisa e delineiam o estudo. Para atender aos objetivos propostos, realizou-se pesquisa qualitativa, com base em estudo de casos múltiplos combinado. Como métodos de aplicação da pesquisa empírica, foram realizadas observações participantes nas lojas supermercadistas de cada caso de estudo e entrevistas semiestruturadas, realizadas com clientes assíduos das empresas em questão. Dentre os resultados encontrados, foi possível destacar os tipos de laços que mais se sobressaíram no contexto, sendo eles os socioemocionais, psicológicos e culturais, operacionais e de ambiente os laços que apresentam maior força positiva. Observou-se ainda que os tipos de laços relacionais atuam em conjunto, sendo necessário desenvolvimento dos aspectos de cada um deles para influenciar positivamente o relacionamento entre consumidor e empresa. Obteve-se assim o maior achado desta pesquisa, referente à identificação dos “entrelaços”, que atuam na união dos tipos de laços relacionais que têm maior força positiva no contexto. Estes entrelaços, designados por “Pertencimento” e “Experiência de Compras”, demonstraram grande influência para o desenvolvimento das categorias de lealdade. Desta maneira, este estudo contribuiu com a literatura de marketing de relacionamento, a partir da expansão das pesquisas sobre os laços relacionais no contexto varejista. Além disso, a partir dos resultados apresentados, foi possível sugerir contribuições gerenciais para o varejo supermercadista do contexto da pesquisa, bem como apontar direcionamentos para estudos semelhantes, sobre relacionamentos no contexto varejista, em outras cidades ou segmentos. Desta maneira, colabora-se com o fortalecimento do mercado e o aprofundamento dos estudos teóricos sobre o varejo.
Abstract: This study aims to analyze the ties that influence the consumer relationship between customer and retail supermarket in the context of a medium-sized city. This research is based on the relationship marketing literature, with emphasis on the theory of relational bonds, which bases the assumptions and delineates the qualitative research, seeking to meet the objectives it proposes. To do so, a multiple case study was performed in combination, using as methods of applying the empirical research the participant observations, conducted in the supermarkets stores of each case study, and the semi-structured interviews, carried out with regular clients of the companies investigated. Among the results found, it was possible to highlight the types of bonds that stood out the most in the context: being the socio-emotional, psychological and cultural, operational and environmental bonds where the ones that presented the greatest positive strength. It was also observed that the types of relational ties work together, when it was necessary to develop the aspects of each one of them to positively influence the relationship between consumer and company. Thus, the greatest finding of this research was obtained, referring to the identification of “interlaces”, which act in the union of the types of relational ties that have the greatest positive force in the context. These links, called "Belonging" and "Shopping Experience", have shown great influence for the development of loyalty categories. Therefore, this study has contributed to the relationship marketing literature, from the expansion of research on relational ties in the retail context. In addition, from the results presented, it was possible to suggest managerial contributions to the supermarket retailer in the context of the research, as well as to point out directions for similar studies on relationships in the retail context, in other cities or segments. In this way, it collaborates with the strengthening of the market and the deepening of theoretical studies on retail.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/54721
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPAC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_vlaaarraes.pdf5,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.