Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5451
Title in Portuguese: Decomposição dos diferenciais de rendimentos entre os trabalhadores brasileiros por quantis e categorias ocupacionais
Author: Menezes, Francisca Lívia Souza
Advisor(s): Simonassi, Andrei Gomes
Keywords: Renda
Distribuição de Renda
Equações Mincerianas Quantílicas
Issue Date: 2013
Citation: MENEZES, Francisca Lívia Souza. Decomposição dos diferenciais de rendimentos entre os trabalhadores brasileiros por quantis e categorias ocupacionais. 2013. 42 f. Dissertação (mestrado) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2013.
Abstract in Portuguese: Analisar os diferenciais de rendimentos entre as ocupações dos trabalhadores brasileiros é o foco central deste trabalho. Em virtude da vasta diversidade de ocupações catalogadas pelo IBGE (cerca de 800) e para permitir tratamento estatístico em modelagem econométrica, aplica-se o princípio teórico do esquema de classes de Erickson, Goldthorpe e Portocarrero (1979) e Goldthorpe, Llewellyn e Payne (1987) para reduzi-las em apenas sete. A abordagem metodológica baseia-se em equações mincerianas quantílicas, estimadas em vários estratos da distribuição de rendimentos dos trabalhadores, sobre a qual é feita uma decomposição para verificar o hiato entre os rendimentos dos indivíduos com atributos inerentes distintos, bem como entre aqueles residentes em regiões mais e menos desenvolvidas do país. Os resultados das estimações ratificam a importância da análise desagregada em estratos ocupacionais e por quantis, uma vez que os efeitos das variáveis explicativas são distintos ao longo das distribuições de rendimentos e entre as ocupações. Em relação às lacunas existentes entre as distribuições de rendimentos, verifica-se um glass ceiling effect em algumas ocupações, ou seja, a defasagem é maior no topo da distribuição. Entretanto, na maioria dos casos ocorre um sticky floor effect, isto é, o hiato é maior na parte inferior da distribuição. Além disso, diferente das lacunas entre gêneros, que são decorrentes apenas da remuneração às características dos indivíduos, o que é entendido como discriminação, os diferenciais de rendimentos entre raças e regiões também são decorrentes das diferentes características dos trabalhadores.
Abstract: Analyzing the income differentials between Brazilian workers’ occupations is the focus of this paper. Due to the wide diversity of occupations cataloged by the IBGE (around 800), and to allow statistical treatment in econometric modeling, it was applied the theoretical schema of Erickson, Goldthorpe and Portocarrero (1979) and Goldthorpe, Llewellyn and Payne (1987) to reduce them in only seven. The methodological approach is based on mincerian quantile equations to be estimated in various strata of the workers’ income distribution, on which a breakdown is made to check the gap between the individuals’earnings with distinct inherent attributes and between those living in more and less developed regions. The estimation results confirm the importance of breakdown analysis for occupational strata as well as for quantiles, since the effects of explanatory variables are distinct along the earnings’ distribution and vary among occupations. Regarding the gaps in this distribution, there is a glass ceiling effect in some occupations, that is, the gap is greater at the top of distribution. However, in most cases occurs a sticky floor effect, the gap is greater at the bottom of distribution. Moreover, contrary to the gap in gender, which are due only to the compensation characteristics of individuals, which is understood as discrimination, income differentials between regions and races are also due to the different characteristics of workers.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5451
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dissert_flsmenezes.pdf403,88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.