Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53881
Title in Portuguese: Os intelectuais e a cultura: o itinerário editorial de afirmação da geração cearense de 1940 (1938-1953)
Author: Oliveira, Erich Soares de
Advisor(s): Leão, Andrea Borges
Keywords: Sociologia dos intelectuais
Campo cultural
Editoração de periódicos
Grupo CLÃ
Issue Date: 2019
Citation: OLIVEIRA, Erich Soares de. Os intelectuais e a cultura: o itinerário editorial de afirmação da geração cearense de 1940 (1938-1953). Orientação: Andréa Borges Leão. 2019. 123 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Departamento de Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: Este trabalho objetiva compreender as estratégias de atuação da geração de intelectuais que empreendeu um processo de institucionalização da cultura no Ceará operado entre as décadas de 1930 a 1950. Tal processo materializou-se na criação de importantes instituições mediadoras da produção simbólica representadas a partir dos anos 1950 pela Universidade do Ceará e dos anos 1960 pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, ambos projetos levados a cabo pela constituição de um corpo de agentes dispostos à atividade intelectual e política, responsáveis, de tal modo, pela expansão e adensamento do espaço de atuação dos “homens de letras” do estado. Abordam-se os projetos de editoração em voga entre fins do decênio de 30 e início do 50 enquanto conformadores de um espaço social de circulação intelectual ao instituírem-se como instâncias de viabilização da palavra escrita e consagração em termos estéticos, ao passo em que conferiam visibilidade às obras e posicionamentos e distribuíam os capitais simbólicos legitimados no meio. As experiências da Editora Fortaleza a partir de seu periódico VALOR (1938-1947) e, posteriormente, do grupo CLÃ a partir de sua revista homônima (1946-1988) são aqui tomadas como instrumentalizadoras da veiculação de ideias estéticas e tomadas de posição que objetivaram o êxito de determinados agentes com vistas à intervenção intelectual no campo da cultura. Enquanto VALOR significou a primeira incursão de uma nova geração de escritores no ambiente intelectual, permitindo sua exposição ao lado de figuras já consolidadas, a experiência consecutiva da revista CLÃ vingou como a mais duradoura publicação do tipo na história das letras cearenses, legando aos seus articuladores as melhores honrarias disponibilizadas pelo campo, seja no reconhecimento pelas instituições culturais (academias, agremiações, etc.), seja pelos postos angariados junto ao Estado (ensino superior e secretarias de governo). Abalizada pela teoria geral dos campos de Pierre Bourdieu em sua perspectiva de análise dos processos de autonomização do espaço social, esta pesquisa recursou materiais bibliográficos, fontes arquivadas e trajetórias intelectuais intentando remontar o arranjo de agentes e propriedades configurativo do campo intelectual cearense no período.
Abstract: This thesis aims to understand the acting strategies of an intellectual generation that engaged a process of cultural institutionalization in Ceará realized from 1930 to 1950. This process took shape in the creation of important mediating institutions of the symbolic production represented in the 1950’s by the University of Ceará and in the 1960’s by the Secretary of Culture of the State of Ceará, both projects developed by the constitution of a corpus of agents wiling to the intellectual and political activity, responsible, thereby, for the expansion and thickening of the acting space of “the men of letters” of the state. This research includes projects of publishing in vogue from the end of 1930’s to the beginning of 1950’s in the condition of shapers of a social space of intellectual circulation by becoming instances of viabilization of written word and aesthetic consecration, whilst they conferred visibility to the artworks and positionings and distributed the symbolic capitals legitimized in the environment. The experiences of Editora Fortaleza from its periodic VALOR (1938-1947) and, later, of CLÃ group from its homonym magazine (1946-1988) are here taken as instrumentalizing of the placement of aesthetic ideas and positionings which intended the success of certain agents aiming the intellectual intervention in the cultural field. Whilst VALOR meant the first incursion of a new generation of writers in the intellectual field, allowing its exhibition next to already consolidated figures, the following experience in the CLÃ magazine succeeded as the longest publication of the type in the history of the letters of Ceará, leaving to its stakeholders the best honours available on the field, either in the recognition by cultural institutions (academys, societys, etc.), or by the positions conquered on the State (superior scholarship and secretaries of government). Guided by the theory of fields of Bourdieu in its perspective of analyses of the process of autonomization of social space, this research worked with bibliographic materials, archived fonts and intellectual trajectories aiming to build the arrangement of the agents and properties the configured the intellectual field of Ceará in this period.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53881
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_esoliveira.pdf3,07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.