Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52923
Title in Portuguese: Políticas linguísticas convergentes e divergentes no ensino de Português – língua estrangeira
Title: Convergent and divergent language policies in the teaching of Portuguese - foreing language
Author: Plantin, Rosemeire Selma Monteiro
Silva, Maria Erotildes Moreira e
Keywords: Política linguística
Planejamento linguístico
Ensino de PLE
Issue Date: 2018
Publisher: Fólio – Revista de Letras
Citation: PLANTIN, Rosemeire Selma Monteiro; SILVA, Maria Erotildes Moreira e. Políticas linguísticas convergentes e divergentes no ensino de Português – língua estrangeira. Fólio – Revista de Letras, Vitória da Conquista (BA), v. 10, n. 1, p. 427-444, jan./jun. 2018.
Abstract in Portuguese: Apresentamos, nesse artigo, as crenças e práticas de 75 docentes que atuam na promoção do português, no cenário internacional, com o objetivo de registrar a visão desses profissionais acerca de instrumentos imprescindíveis à difusão do português, no atual cenário. Sob a perspectiva de Spolsky (2004), a quem uma Política Linguística (PL) não deve desconsiderar seus agentes, analisamos, então, os Programas de Leitorado, a escassez de material didático e a incipiente formação de professores, enquanto instrumentos de promoção do português. Ao traçar esse panorama, concluímos que há um distanciamento entre as políticas oficiais e as necessidades dos professores que atuam nessa área, de forma geral. Portanto, com essa reflexão, pretendemos contribuir para a diminuição do hiato entre essas ações oficiais e as práticas desses profissionais, além de reforçar a necessidade de um incremento à formação político-pedagógica dos grupos responsáveis pela promoção de uma língua com as características do português.
Abstract: In this article, we present the beliefs and practices of teachers who work in the pro-motion of Portuguese in the international scenario, in order to register the vision of these profes-sionals about instruments essential to the diffusion of Portuguese, in the current scenario. From the perspective of Spolsky (2004), to whom a Linguistic Policy (PL) should not disregard its agents, we then analyze the Lectorate Programs, the shortage of didactic material and the incipient training of teachers, as tools to promote Portuguese. In tracing this situation, we conclude that there is a gap between official policies and the needs of professors working in this area in general. Therefore, with this reflection, we aim to contribute to reducing the gap between these official actions and practices of these professionals, as well as reinforce the need for an increase in political-pedagogical training of the groups responsible of the promotion of a language with the characteristics of Portuguese.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52923
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2176-4182
Appears in Collections:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_rsmplantinmemsilva.pdf471,18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.