Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52817
Title in Portuguese: O domínio das tecnologias digitais de informação e de comunicação pelos idosos em caixas eletrônicos de bancos
Author: Alencar Filho, José Fernandes de
Advisor(s): Pinto, Virginia Bentes
Keywords: Domínio das Tecnologias Digitais em Caixas Eletrônicos
Terceira Idade
Dificuldade no Uso das Tecnologias Digitais
Issue Date: 2019
Citation: ALENCAR FILHO, José Fernandes de. O domínio das tecnologias digitais de informação e de comunicação pelos idosos em caixas eletrônicos de bancos. 2019. 43f. - Monografia (Graduação) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Curso de Graduação em Biblioteconomia, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: O presente trabalho decorre de uma pesquisa por amostragem cujo objetivo básico é Investigar as dificuldades que os idosos se confrontam sobre o domínio das tecnologias digitais de informação e de comunicação (TDICS), no uso dos caixas eletrônicos dos bancos e no seu cotidiano. É uma pesquisa exploratória cujo estudo empírico foi realizado em três agencias bancárias, sendo duas públicas e uma privada e também com um grupo de idosos que frequenta a Igreja do São João do Tauape, todos localizados em Fortaleza-CE. Para a coleta de dados foi utilizado um questionário, com questões, fechadas, de múltipla escolha e abertas, aplicado diretamente pelo pesquisador. Para a coleta dos dados, foram estabelecidos os seguintes critérios de inclusão: Idosos entre 60 (sessenta), setenta (70) anos e com mais de setenta anos de idade e o período da referida coleta foi de Setembro a Outubro do ano de 2019, com um total de 47 participantes. Os resultados da pesquisa evidenciam que 79% não têm domínio das Tecnologias Digitais de Informação e de Comunicação TDICS e somente 38% afirmaram ter recebido treinamento quando da instalação dos caixas eletrônicos nos bancos. Também, em que concerne a busca por capacitação somente 15% teve essa iniciativa aprendendo com família e 47% Continua utilizando sempre com auxílio dos funcionários dos bancos. Com relação ao uso dos celulares nas transações bancárias a maioria não tem esse hábito, porém, nas redes sociais, tem esse costume. Em conclusão, ficou evidente que não há muita diferença no domínio e uso das TDICS nos caixas eletrônicos e outras transações bancárias no que se refere ao gênero dos pesquisados, contudo os idosos do sexo masculino as utilizam mais por razões profissionais ou por interesses associados à pesquisa, consultas de informação, cultura, lazer, entretenimento e comunicação, entre outros aspectos. Ainda em contextos conclusivos, podemos afirmar que a inclusão do idoso no mundo digital e particularmente no contexto bancário, somente acontecerá se ele conseguir estar interligado com as novas formas de comunicação que exige competências no uso das TDICS. Pois elas se apresentam tão fluidamente na vida de todos os indivíduos, tanto para a comunicação, como também, favorecendo a sua interação com outras pessoas e familiares. Tal fato, certamente que irá refletir na melhoria de sua qualidade de vida, pois, se sentirá com mais autonomia e independência para se movimentar nesse ambiente.
Abstract: The present work stems from a sample research whose basic objective is to investigate the difficulties faced by the elderly about the domain of digital information and communication technologies (DICTS), the use of bank ATMs and their daily lives. It is an exploratory research whose empirical study was conducted in three bank branches, two public and one private and also with a group of seniors who attend the Church of St. John Tauape, all located in Fortaleza-CE. For data collection, a questionnaire with closed, multiple choice and open questions was applied directly by the researcher. For data collection, the following inclusion criteria were established: Elderly between 60 (sixty), seventy (70) years and over seventy years of age and the period of that collection was from September to October of 2019, with a total of 47 participants. The survey results show that 79% have no domain of Digital Information and Communication Technologies and only 38% said they had received training when installing ATMs in banks. Also, in what concerns the search for qualification, only 15% had this initiative learning with family and 47% It always uses with the help of bank employees. Regarding the use of mobile phones in banking transactions most do not have this habit, but in social networks, has this custom. In conclusion, it was evident that there is not much difference in the domain and use of (DICTS) in ATMs and other banking transactions with respect to the gender of respondents, but older men use them more for professional reasons or for research-related interests, information consultations, culture, leisure, entertainment and communication, among other aspects. Still in conclusive contexts, we can say that the inclusion of the elderly in the digital world and particularly in the banking context, will only happen if he can be interconnected with the new forms of communication that require skills in the use of DICTS. For they present themselves so fluidly in the lives of all individuals, both for communication and for their interaction with other people and families. This fact, certainly will reflect on the improvement of their quality of life, because, will feel more autonomy and independence to move in this environment.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52817
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:BIBLIOTECONOMIA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_jfdafilho.pdf900,27 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.