Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52725
Title in Portuguese: Letramentos acadêmicos em situação de ensino e aprendizagem de Português Língua Adicional
Author: Silva, Meire Celedônio da
Advisor(s): Leurquin, Eulália Vera Lúcia Fraga
Co-advisor(s): Coutinho, Maria Antónia Diniz Caetano
Keywords: Letramentos acadêmicos
Linguística aplicada
Desenvolvimento praxiológico e gnosiológico
Ensino e aprendizagem de PLA
Issue Date: 2020
Citation: SILVA, Meire Celedônio da. Letramentos acadêmicos em situação de ensino e aprendizagem de Português Língua Adicional. 2020. 345f - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2020.
Abstract in Portuguese: Esta tese está localizada na Linguística Aplicada, com ênfase no ensino e aprendizagem de Português Língua Adicional (PLA). Nosso objeto de estudo é o letramento acadêmico em PLA de mestrandos e doutorandos estrangeiros da Universidade Federal do Ceará, participantes do Curso de Português Língua Estrangeira: língua e cultura brasileiras. Nesse contexto, pesquisas recentes apontam para os desafios enfrentados por estudantes estrangeiros no Brasil (SILVA, 2015, entre outras) em relação ao uso da língua portuguesa para a comunicação, sobretudo, nas atividades acadêmicas. Esses estudantes chegam à universidade para cursar mestrado ou doutorado, mas, na maioria das vezes, não conseguem comunicar-se em língua portuguesa, sobretudo, por meio de textos acadêmicos escritos. Diante disso, nosso objetivo principal é descrever e analisar as produções dos gêneros de texto biodata e resumo de comunicação oral de estudantes estrangeiros de pós-graduação, focalizando a dimensão social conjugada à dimensão linguística, que contribuem para o letramento acadêmico em PLA, através da mediação, sob uma perspectiva sociointeracionista da linguagem. Para isso, utilizamos como aporte teórico o Interacionismo Sociodiscursivo (ISD), principalmente, a partir dos postulados de Bronckart (2012, 2008, 2016). Para ele, as atividades de linguagem estão diretamente associadas às atividades sociais gerais. Essas atividades engendram os gêneros textuais que são atestados em textos empíricos. Para dar conta da análise, partimos da abordagem descendente de análise de texto como preconizada por Volóchinov (2018), que considera as condições concretas da interação verbal, as formas de enunciação e, por último, as formas da língua. Bronckart (2012, 2008) propõe um modelo de análise de textos que denomina de arquitetura textual. Dentro dessa arquitetura, destacamos os mecanismos de textualização, principalmente, a coesão e a conexão. Essas categorias são responsáveis pela manutenção e progressão temática dos textos. Além desse aporte teórico, consideramos importante a contribuição de Adam (2011), na sua proposta de Análise Textual do Discurso, por tratar da coesão e da conexão para a organização do texto tanto no nível local quanto global, contribuindo para a construção do texto como unidade comunicativa. Convocamos ainda a teoria do texto por tratar o texto sob uma abordagem que integra as dimensões social e psicológica, praxiológica e gnosiológica (COUTINHO, 2012). Estabelecemos, como propõe Bronckart (2012), uma relação com o contexto de produção (BRONCKART, 2012; BRONCKART; MACHADO, 2009). Fizemos uma relação entre a aprendizagem dos elementos linguísticos responsáveis pela coesão e a conexão e o desenvolvimento do letramento acadêmico. Nesse contexto, utilizamos os estudos de Lea e Street (1984), para tratar do letramento acadêmico. Para dar conta do nosso objeto de estudo a partir desses pressupostos teóricos, utilizamos como metodologia a pesquisa-ação (THIOLENT, 2011), por entender que, para o nosso projeto, o pesquisador, também, atuará diretamente nas atividades de ensino e aprendizagem. Como metodologia de ensino e aprendizagem, elaboramos um projeto de letramento (KLEIMAN, 2007) no qual se desdobram várias ações e intervenções. Essas ações são importantes para orientar os estudantes para a utilização da língua em práticas sociais situadas, ou seja, produzir textos dentro das atividades acadêmicas. Em relação ao enfrentamento dos problemas percebidos durante a pesquisa, recorreremos à proposta de sequências didáticas (SCHNEUWLY; DOLZ, 2004) como um dispositivo que trata o gênero como um megainstrumento para o ensino e aprendizagem de línguas. Com esse dispositivo, demos ênfase ao processo de escrita e reescrita. Para dar conta desse percurso didático, recorremos ainda à adaptação da proposta didática do ensino de leitura segundo Leurquin (2015), para uma proposta de ensino de produção de texto, dando destaque aos gêneros acadêmicos como parte do projeto de letramento. Assim, estabelecemos uma relação tríplice entre: atividades acadêmicas, leitura e produção de textos de gêneros acadêmicos e a aprendizagem de unidades linguísticas implicadas nas dimensões sociais e organizacionais do texto, intentando a ampliação do letramento acadêmico desses estudantes. As análises dos textos revelaram que a mobilização dos recursos linguísticos pelos estudantes, ao longo do processo de escrita englobando a reescrita, implica a (re)configuração do gênero, sobretudo as dimensões sociais – papel social mobilizado e a dimensão organizacional. Além disso, as dificuldades dos estudantes não dizem respeito apenas ao uso de recursos linguísticos da língua portuguesa, mas sobretudo a conhecimentos de diversas ordens, como cognitivos, sociais e linguísticos. Assim, consideramos que essas dimensões dos gêneros de texto biodata e resumo de comunicação oral são relevantes no processo de ensino e aprendizagem, ensejando aos estudantes possibilidades de interagir na comunidade acadêmica na qual estão situados temporariamente, assumindo a língua portuguesa como recurso comunicativo.
Abstract: This thesis is part of Applied Linguistics, with emphasis on teaching and learning Portuguese as an Additional Language (PLA). Our study goal is the expansion of the academic literacy of foreign students pursuing a Master of Arts and Doctorate degrees at the Federal University of Ceará. They are participants of the Portuguese as a Foreign Language: Brazilian language and culture course. In this context, recent researches indicate challenges faced by foreign students in Brazil (SILVA, 2015, among others) regarding the use of the Portuguese language for communication, and mainly in academic activities. They enter university to pursue their masters or doctorate degree, but most of the time, they cannot communicate in Portuguese, especially through written academic texts. Therefore, our main objective is to describe and analyze text productions of the biodata genre and the oral communication summary made by foreign undergraduate and graduate students in the context of teaching and learning of Portuguese as an Additional Language. The focus is on the social dimension, combined with a linguistic dimension in the text organization that contributes to the expansion of academic literacy through mediation, from a language sociointeractionist perspective. For this, we used the Sociodiscursive Interactionism as a theoretical contribution, especially from Bronckart (2012, 2008, 2016) postulates. For him, language activities are directly associated with general social activities. These activities engender the textual genres that are confirmed in empirical texts. For the analysis, we start from the descending approach of text analysis as advocated by Volóchinov (2018) which considers the concrete conditions of verbal interaction, the forms of enunciation and finally the forms of language. Bronckart (2012) proposes a text analysis model that he calls textual architecture. Within this architecture, we highlight the elements of textualization, especially cohesion and connection. These categories are responsible for the maintenance and thematic progression of the texts. For this, we consider the contribution of Adam (2011) in the understanding of this category of analysis to be important, stating that the elements of cohesion play an important role at both the local and global levels, contributing to the construction of the text as a communicative unit. We also use the text theory for treating the text under an approach that integrates the social and psychological, praxeological and gnosiological dimensions (COUTINHO, 2012). We establish, as proposed by Bronckart (2012), a relationship with the context of production (BRONCKART, 2012; BRONCKART; MACHADO, 2009). We made a link between learning the linguistic elements responsible for cohesion and the connection to the development of academic literacy. In this context, we used the studies of Lea and Street (1984) to address academic literacy. To account for our object of study based on these theoretical assumptions, we used action research as a methodology (THIOLENT, 2011) since we understand that, for our project, the researcher will also act directly in teaching and learning activities. As a teaching and learning methodology, we developed a literacy project which leads to several actions. These actions are important to understand how students can use language in situated social practices, that is, how they can produce texts within academic activities. Regarding the confrontation of the problems perceived during the research, we will resort to the proposal of didactic sequences (SCHNEUWLY; DOLZ, 2004) as a device that treats gender as a mega instrument for language teaching and learning. With this device, we will emphasize written text as a writing and rewriting process. To address this didactic engineering, we adapted the didactic proposal of teaching reading according to Leurquin (2015), to a text production teaching didactics, highlighting the academic genres as part of the literacy project. Thus, we established a threefold relationship between academic activities, reading and production of texts of academic genres and the learning of linguistic units responsible for the organizational dimension of the text, intending to broaden the academic literacy of these students. The analyses of the texts show that the mobilization of linguistic resources by the students, along with the writing process encompassing the rewriting, implies the configuration of the genre, especially the social dimensions – mobilized social role and the organizational dimension. In addition, students' difficulties do not only concern the use of Portuguese language resources but, above all, knowledge of various kinds, such as cognitive, social and linguistic. Thus, we consider that these dimensions of biodata text genres and oral communication summary are relevant in the teaching and learning process, giving students possibilities to interact in the academic community in which they are temporarily situated, assuming the Portuguese language as a communicative resource.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52725
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGL - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_mcsilva.pdf3,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.