Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52718
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLopes, Tania Maria Rodrigues-
dc.contributor.authorCavalcante, Maria Juraci Maia-
dc.date.accessioned2020-07-02T12:05:01Z-
dc.date.available2020-07-02T12:05:01Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationLOPES, Tania Maria Rodrigues; CAVALCANTE,Maria Juraci Maia . Protagonismo feminino e formação de professoras no Cariri Cearense . In: XV CONGRESSO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO DO CEARÁ, 15., 24-27. set. 2016, Fortaleza (CE). Anais... Fortaleza (CE): UFC, 2016 .p.-709- 720.Tema: Histórias de Corpo - Religião – Educação.pt_BR
dc.identifier.issn2237-2229-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52718-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUFCpt_BR
dc.subjectProtagonismo femininopt_BR
dc.subjectFormação de professoraspt_BR
dc.subjectCariri cearensept_BR
dc.titleProtagonismo feminino e formação de professoras no Cariri Cearensept_BR
dc.typeArtigo de Eventopt_BR
dc.description.abstract-ptbre trabalho se constitui um fragmento da tese de doutorado defendida em 2015, na Faculdade de Educação/Universidade Federal do Ceará, Linha de História da Educação Comparada, tem como objetivo caracterizar o protagonismo feminino no contexto das referências históricas, dos referenciais que orientaram a criação e organização de instituições educacionais para formar professores, os métodos e experiências desenvolvidas no Cariri cearense pelas escolas, Colégio Santa Teresa de Jesus – CSTJ, na cidade do Crato, a Escola Normal Rural de Juazeiro do Norte – ENRJN. Com base em pesquisa de natureza qualitativa apoiada em estudo bibliográfico, documental e na história de vida das protagonistas procurou-se identificar os referenciais e modelos aplicados às práticas formativas. A pesquisa bibliográfica fonte de inspiração nesse estudo, teve apoio nos estudos desenvolvidos por Cavalcante (2009, 2011), Manoel (2010), Silva Júnior (2016), Almeida (2007), Del Priore (2011), Araújo (2011), Meihy e Holanda (2007), Louro (2011), Nóvoa (2012) dentre outros igualmente valiosos para compreender o feminino e da formação de professoras. Os dados indicam que a função de ensinar, especialmente para as primeiras séries de escolarização no período de investigação 1923-1970, constituiu-se historicamente como função feminina. As instituições representam um marco na historiografia da educação no Ceará e no Brasil, por suas peculiaridades, sendo uma criada e mantida pela Diocese do Crato e outra pioneira na formação de professores para áreas rurais. Os documentos e testemunhos indicam que as instituições tinham perfis baseados nas modernas técnicas pedagógicas, a exemplo, a utilização da imprensa pedagógica formativa e de circulação do trabalho institucional.pt_BR
Appears in Collections:PPGEB - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_eve_tmrlopes.pdf170,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.