Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52535
Title in Portuguese: O litoral de Fortaleza e o planejamento urbano na primeira metade do século XIX a partir das plantas de Silva Paulet e Simões de Farias
Title: The coast of Fortaleza and the Urban Planning in the First Half of the 19th Century from the Maps of Silva Paulet and Simões de Farias
Author: Matos, Fábio de Oliveira
Vasconcelos, Fábio Perdigão
Keywords: Planejamento Urbano
Litoral
Fortaleza
Issue Date: Feb-2011
Publisher: Revista Brasileira de Cartografia/Sociedade Brasileira de Cartografia
Citation: MATOS, F. O.; VASCONCELOS, F. P. O litoral de Fortaleza e o planejamento urbano na primeira metade do século XIX a partir das plantas de Silva Paulet e Simões de Farias. Revista Brasileira de Cartografia, Rio de Janeiro, v. 63,n. 4, p. 489-499, 2011.
Abstract in Portuguese: Este artigo trata acerca do processo de expansão urbana em Fortaleza/CE e a ocupação de seu litoral na primeira metade do século XIX, tendo como ferramenta norteadora a seleção de alguns registros cartográficos dos urbanistas Silva Paulet e Simões de Farias. Pautado numa reflexão entorno da relação da construção dos referidos documentos com o momento de expansão urbana perpassada por Fortaleza, realizou-se levantamento dos principais registros cartográficos do período retratado. São eles: a) “Planta do Porto e Villa da Fortaleza” (1813) e b) “Planta da Vila de Fortaleza” (1818), ambas se Silva Paulet; c) “Planta da Cidade de Fortaleza” (1850) e d) “Ampliação da Planta de 1850”, ambas de Simões de Farias. Pautado numa reflexão entorno da Cartografia na construção ideológica do espaço, tratou-se os registros cartográficos como documentos geohistóricos de expressividade no debate travado nas décadas iniciais do século XIX entorno do direcionamento a ser tomado no processo de expansão urbana do município, dando ênfase no modo de projeção dado a zona costeira fortalezense. Assim, os desenhos de Paulet e Farias apresentam a partir de seus registros a complexidade do processo de organização do litoral, suscitando – com a necessidade de expansão da atividade portuária – o debate entorno da emergência do planejamento litorâneo.
Abstract: This article is about the process of urban expansion from Fortaleza/CE, and the occupation of its coast in the first half of the 19th Century, with the tool guiding the selection of some cartographic registry of urbanists Silva Paulet and Simões de Farias. Based on a reflection of the relationship between the construction of such documents with the moment of urban city permeated from Fortaleza surveyed the main cartographic registries of the period retracted. They are: a) “Planta do Porto e Villa da Fortaleza” (1813) and b) “Planta da Vila de Fortaleza” (1818), both Silva Paulet; c) “Planta da Cidade de Fortaleza” (1850) and d) “Ampliação da Planta de 1850”, both Simões de Farias. Lined around a reflection of Cartography in the ideological construction of space, it was the cartographic registries as geohistorical documents of expressiveness in debate in the first decades of the 19th Century, about the direction to be followed in the process of expanding the urban, particularly over the projection mode as the coastal zone from Fortaleza. So, the drawings of Paulet and Farias have their registries from the complexity of organizing the coast, posing – with the necessity for expansion of port activities – the debate around the emergence of coastal planning.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52535
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1808-0936
Appears in Collections:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_art_fdeomatos.pdf2,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.