Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52074
Title in Portuguese: O corpo político feminista sobre duas rodas: das ruas às redes
Author: Maciel, Tereza Rafaella Cordeiro
Advisor(s): Lima, Geísa Mattos de Araújo
Keywords: Mulheres
Bicicleta
Feminismo
Issue Date: 2020
Citation: MACIEL, Tereza Rafaella Cordeiro. O "corpo político" feminista sobre duas rodas: das ruas às redes. 2020. 342f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-graduação em Sociologia, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: O presente trabalho objetiva compreender, através das experiências de mulheres e suas práticas sociais de mobilidade urbana por bicicleta, quais as dinâmicas que compõem “os estilos de vida feminista” pautados sob o ativismo na e através da bicicleta na atualidade. A pesquisa privilegia a análise das experiências de violências, resistências e sororidades vivenciadas pelas mulheres “cicloativistas feministas” seja nos espaços públicos, nos âmbitos institucionais ou nas redes sociais digitais, entendendo que as dinâmicas que perfazem este movimento social interconectam-se nessas três dimensões. Para dar conta da análise, a pesquisa, de caráter qualitativo, baseia-se numa abordagem composta por três frentes de investigação em concomitância: (1) Uma análise sociológica feminista interseccional, apoiada numa literatura feminista branca, negra e latina em conjunto, que tem como objetivo ressaltar aspectos de gênero, raça, classe, sexualidade, localização geográfica, idade, cultura, etc. (2) Paralelo à esta perspectiva, soma-se uma investigação acerca da relação entre Corpo e Poder, tendo como referencial teórico autores como Judith Butler e Michel Foucault, juntamente com o uso do conceito de habitus de Bourdieu a fim de compreender mais especificamente como desenvolve- se o que denominamos de corpo político feminista sobre duas rodas e como esse corpo, a partir de então, adquire um estilo de vida ativista e um status de empoderamento quando da sua imposição nas ruas. (3) Por fim, também une-se aos dois processos teórico-metodológicos de investigação citados anteriormente, uma análise relacional entre realidades micro e macro, com destaque para um olhar mais apurado aos desdobramentos dos que estão às margens criando alternativas à realidade social apresentada. Para isso, tomamos como norte a teoria dos campos de Bourdieu e a perspectiva do conceito de cena de Bennett & Peterson (2004) para ter uma visão ampla do fenômeno nas dimensões local, translocal e transnacional/ virtual, esta última, por sua vez, sendo abordada de forma mais aprofundada, a partir do conceito de corpos ciborgues (HARAWAY, 2009), finalizando o ciclo com a perspectiva de formação do movimento por meio das redes.
Abstract: The present work aims to understand, through the experiences of women and their social practices of urban mobility by bicycle, which dynamics make up "feminist lifestyles" based on activism on and through bicycles nowadays. The research privilegies the analysis of the experiences of violence, resistances and sororities experienced by women "feminist cycloactivists" either in public spaces, in institutional areas or on digital social networks, understanding that the dynamics that make up this social movement interconnect themselves in these three dimensions. Reporting the analysis, the qualitative research is based on an approach composed of three research fronts in concomitance: (1) an intersectional feminist sociological analysis, supported by a white, black and Latin feminist literature together, which aims to highlight aspects of gender, race, class, sexuality, geographical location, age, culture, etc. (2) Parallel to this perspective, add an investigation is added about the relationship between Body and Power, having as theoretical reference authors such as Judith Butler and Michel Foucault, closely with the use of Bourdieu's concept of habitus in order to understand more specifically how develops what calls political feminist body on two wheels develops and how this body, then on, acquires an activist lifestyle and empowerment status when it is imposed on the streets. (3) Finally, it also joins the two theoretical-methodological processes of investigation research mentioned above, a relational analysis between micro and macro realities, with emphasis on a more accurate look at the developments of those are on the margins creating alternatives to presented social reality. In order, the research guides the bourdieu field theory and the perspective of Bennett & Peterson's scene concept (2004) to have a broad view of the phenomenon in the local, translocal and transnational/virtual dimensions, the last, in turn, being approached in depth, from the concept of cyborg bodies (HARAWAY, 2009), ending the cycle with the perspective of movement formation through networks.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52074
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_trcmaciel.pdf13,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.