Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51705
Title in Portuguese: Isabella é uma rosa impedida de desabrochar em nosso jardim – Uma análise das expressões metafóricas na conceitualização de violência
Author: Menezes, Léia Cruz de
Keywords: Metáfora conceitual
Metáfora de semelhança
Conceitualização
Violência
Construção do discurso
Issue Date: 2012
Publisher: ANTARES: Letras e Humanidades
Citation: MENEZES, Léia Cruz de. “Isabella é uma rosa impedida de desabrochar em nosso jardim” – Uma análise das expressões metafóricas na conceitualização de violência. ANTARES: Letras e Humanidades, Caxias do Sul (RS), v. 4, n. 7, p. 191-207, jan./jul. 2012.
Abstract in Portuguese: "Anjo" [menina de seis anos] versus "monstros" [pai biológico e madrasta] no centro de um "circo armado" [cobertura midiática] que alimenta uma vocação coletiva para "envergar a toga" [fazer justiça]. Por que a recorrência da metáfora na conceitualização de violência na linguagem cotidiana? Neste artigo, sustentamos que a metáfora justifica-se por ser parte do sistema humano de organização do pensamento, portanto mecanismo que nos permite fazer sentido no universo (LAKOFF; JOHNSON, 1980). Partindo da classificação da metáfora conceptual empreendida por Grady (1997), analisamos o modo como se dá o compartilhamento de características entre os domínios conceptuais projetados nas metáforas de semelhança constitutivas dos comentários de leitores do blog de Ricardo Noblat ao longo da discussão do caso policial Isabella Nardoni e procedemos a uma leitura dos sentimentos de empatia e antagonismo presentes na construção de objetos de discurso por meio de metáfora.
Abstract: “Angel” [six-year-old girl] versus “monsters” [biological father and step-mother] in the center of a “circus” [media broadcasting] that feed a massive vocation to “bend the log” [make justice]. Why the use of metaphor in the conceptualization of violence in the everyday language? In this article, we state that the metaphor is justified for being part of the human system of though organization, though, a mechanism which allows us to be part of the universe (LAKOFF; JOHNSON, 1980). Using the conceptualization of metaphor established by Grady (1997), we analyze how the sharing of features among the conceptual domains projected in the metaphors of constitutive similarity found in the readers’ comments of Ricardo Noblat’s blog along the discussion of the Isabella Nardoni police case takes place and proceed a reading of feelings of empathy and antagonism present in the speech objects construction through the metaphor.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51705
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1984-4921
Appears in Collections:PPGL - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_art_lcmenezes.pdf345,48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.