Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51579
Title in Portuguese: Reflexões sobre a recategorização referencial sem menção anafórica
Other Titles: Reflexiones sobre la recategorización referencial sin mención anafórica
Title: Discussion on referential recategorization without anaphoric expression
Author: Custódio Filho, Valdinar
Keywords: Linguística Textual
Referenciação
Recategorização
Anáfora
Issue Date: 2012
Publisher: Revista Linguagem em (Dis)curso
Citation: CUSTÓDIO FILHO, Valdinar. Reflexões sobre a recategorização referencial sem menção anafórica. Revista Linguagem em (Dis)curso, Tubarão (SC), v. 12, n. 3, p. 839-850, set./dez. 2012.
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem como objetivo descrever uma estratégia de construção referencial ainda pouco discutida: a recategorização sem menção anafórica. Consideramos que uma vertente dos estudos em referenciação tem procurado assumir com mais intensidade os pressupostos sociocognitivistas que coordenam as pesquisas em Linguística Textual na atualidade. A partir daí, surgem propostas explicativas que falam em favor de uma integração de múltiplos fatores para a construção do referente. Dentro desse processo, uma consequência esperada é a verificação de que o fenômeno não tem como permanecer circunscrito à ocorrência de sintagmas nominais. Vê-se, assim, que a estratégia aqui descrita contribui para compreender o alargamento pelo qual o fenômeno da recategorização vem passando desde as reflexões iniciadas na década de 1990.
Abstract: The purpose of this work is to describe a strategy of referential elaboration that is not yet well established: the recategorization without anaphoric expression. We consider that a branch of the studies in referenciation has searched to take on, with more intensity, the sociocognitive postulates, which inspire current researches in text linguistics. From this point, there are explanations that speak in favor of the integration among multiple factors in order to elaborate a referent. Consequential to this, we see now that referenciation cannot be related only to the presence of noun phrases. The strategy we describe here contributes to understanding the “enlargement” whereby recategorization has passed since the first studies in the 1990s.
Abstract in Spanish: Este trabajo tiene como objetivo describir una estrategia de construcción referencial aún poco discutida: la recategorización sin mención anafórica. Consideramos que una vertiente de los estudios en referenciación ha procurado asumir con más intensidad los supuestos sociocognitivistas que coordinan las pesquisas en Linguística Textual en la actualidad. A partir de ahí, surgen propuestas explicativas que hablan a favor de una integración de múltiples factores para la construcción del referente. Dentro de ese proceso, una consecuencia esperada es la verificación de que el fenómeno no tiene como permanecer circunscripto a la ocurrencia de sintagmas nominaleis. Se ve, así, que la estrategia aquí descripta contribuye para comprender el ensanchamiento por el cual el fenómeno de la recategorización viene pasando desde las reflexiones iniciadas en la década de 1990.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51579
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1982-4017
Appears in Collections:PPGL - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_art_vcustódiofilho.pdf170,36 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.