Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50938
Title in Portuguese: Das ruas às Redes: disputa de narrativas e de memória sobre as ocupações universitárias de 2016 no Ceará em tempos de mediação algorítmica.
Author: Macêdo Júnior, Daniel Paiva de
Advisor(s): Nunes, Márcia Vidal
Keywords: Memória social
Mediação algorítmica
Facebook
Ocupações universitárias
Issue Date: 2020
Citation: MACÊDO JÚNIOR, Daniel Paiva de. Das Ruas às Redes: disputa de narrativas e de memória sobre as ocupações universitárias de 2016 no Ceará em tempos de mediação algorítmica. 2020. 182f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Comunicação, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: As ocupações universitárias ocorridas em 2016, no Brasil, inscrevem-se na história como o maior expoente – até então – de resistência civil e tomada dos espaços públicos frente à plataforma política de redução orçamentária para Educação, Saúde e investimentos sociais apresentada pela Presidência da República naquele ano. Se ações como estas são evocadas na intenção de pressionar visibilidade da pauta política, como propunha Marcuse (1999), constituem-se, portanto, em intervenção margeada e orientada em processos comunicacionais. Com atenção às experiências cearenses e verificado que páginas de Facebook foram os principais meios para desenvolvimento das táticas de comunicação orientadas ao espaço público, analisamos seis páginas produzidas no período referentes a incidências estudantis na Universidade Federal do Ceará (@greveestudantilUFC), Universidade Federal do Cariri (@ocupaufca), Universidade Regional do Cariri (@ocupaurca2016), Universidade Federal da Integração da Lusofonia Afrobrasileira (@ocupaunilab) e Instituto Federal do Ceará (@ocupaifce e @ocupartes) delimitados em 897 publicações extraídas e sistematizadas via Netvizz. Este montante foi analisado em dois viés: por um lado, observando as dinâmicas de construção de sentidos e de versão sobre fatos ocorridos nas ocupações à luz das observações em Análise do Conteúdo, segundo orientações de Bardin (2011) em face ao contexto de disputa de narrativas e produção de memória social; por outro, com olhar amplo sobre contextos sociotécnicos, as alterações na plataforma e as engenharias de poderes que convencionam a vivência virtual, identificamos e discutimos as redes sociais resultantes da interação na plataforma, considerando os propostos por Recuero et al (2015) e a performance das páginas nesta ambiência. Partindo dos resultados e indicadores, estabelecemos discussões e proposições teóricas em torno das questões sobre produção e disputa de memória social em contexto de mediação algorítmica – com atenção a esta relação ambiência protagonizada por movimentos sociais. Palavras-Chave: Memória Social. Mediação algorítmica. Facebook. Ocupações Universitárias.
Abstract: The university occupations that occurred in 2016, in Brazil, are inscribed in history as the greatest exponent - until then - of civil resistance and seizure of public spaces in front of the political platform of budget reduction for Education, Health and social investments presented by the Presidency of the Republic that year. If actions like these are evoked with the intention of pressuring visibility of the political agenda, as proposed by Marcuse (1999), they constitute, therefore, a marginal intervention and oriented in communication processes. With attention to the experiences of Ceará and checking that Facebook pages were the main means for the development of communication tactics oriented to the public space, we analyzed six pages produced in the period regarding student incidents at the Federal University of Ceará (@greveestudantilUFC), Federal University of Cariri (@ocupaufca), Universidade Regional do Cariri (@ ocupurca2016), Federal University of Integration of Lusofonia Afrobrasileira (@ocupaunilab) and Federal Institute of Ceará (@ocupaifce and @ocupartes) delimited in 897 publications extracted and systematized via Netvizz. This amount was analyzed in two ways: on the one hand, observing the dynamics of construction of meanings and version of facts that occurred in the occupations in the light of the observations in Content Analysis, according to guidelines by Bardin (2011) in view of the context of dispute of narratives and production of social memory; on the other hand, with a broad look at sociotechnical contexts, changes in the platform and the engineering powers that convene virtual experience, we identified and discussed the social networks resulting from the interaction on the platform, considering those proposed by Recuero et al (2015) and performance of the pages in this ambience. Based on the results and indicators, we established discussions and theoretical propositions around the issues of production and dispute of social memory in the context of algorithmic mediation - with attention to this relationship between ambience and social movements. Keywords: Social Memory. Algorithmic Mediation. Facebook. University Occupations.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50938
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_dpmacedojunior.pdf2,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.