Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5006
Title in Portuguese: Abertura comercial e seus impactos sobre as principais culturas produzidas nos estados da região nordeste do Brasil
Author: Martins, Gilberto
Silva, Lúcia Maria Ramos
Khan, Ahmad Saeed
Leite, Lucas Antônio de Sousa
Keywords: Abertura comercial
Produção
Nordeste
Issue Date: 2004
Publisher: Revista de Economia e Desenvolvimento
Citation: MARTINS, Gilberto; SILVA, Lúcia Maria Ramos; KHAN, Ahmad Saeed; LEITE, Lucas Antônio de Sousa. Abertura comercial e seus impactos sobre as principais culturas produzidas nos estados da região nordeste do Brasil. Revista Economia e Desenvolvimento, Recife (PE), v. 3, n. 2, p. 281-323, 2004.
Abstract in Portuguese: Objetivou-se verificar o efeito da abertura comercial sobre os grupos das principais culturas consideradas, tradicionalmente de mercado interno (algodão herbáceo, arroz, banana, batata-doce, coco da baía, fava, feijão, laranja, mandioca e milho) e externo (cana-de-açúcar, castanha-de-cajú, fumo, melão e sisal) em cada estado na Região Nordeste. Neste estudo, foi utilizada uma versão modificada do método shift-share, também conhecido como método “diferencial estrutural”. Os dados analisados foram obtidos junto ao IBGE. A análise feita para os dois grupos de produtos, considerando a Região como um todo, mostrou que as culturas de mercado externo, relativamente às de mercado interno, apresentaram maior incremento após a intensificação da abertura comercial, no valor da produção, na área colhida e no rendimento, mesmo diante da queda de preços. Houve uma substituição de área das culturas de mercado interno pelas de mercado externo em sete estados da região. Apesar da supremacia das culturas de mercado externo, percebe-se que a melhoria de desempenho foi, na maioria das vezes, pouco expressiva.
Abstract: The objective of this research is to verify the affect of free trade on principal crops tradiotionally for nation market( cotton, rice, banana, sweet potato, broad been, beans, orange, cassava and corn) and foreign market(sugar cane, cashew nut, tobacco and jute) in each state and northeast region. Modified shift-share method, know as method of differential structure, was used. Analyzed data were obtained from the publications of IBGE. The analyses of the results for two group of crops considered for the region shows that after free trade, a relatively higher increase in production value, harvested area and productivity of national market crops in relation to export crops, even a decrease in their prices. However, a substituition of area of national market crops for by exports crops in seven states of the region. Given a superiority of export crops the performance, in most of the cases, was of little importance.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5006
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 15179354
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2004_art_gmartins.PDF1,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.