Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49549
Title in Portuguese: Narrativas de vida e formação de estudantes e lideranças do Programa de Educação em Células Cooperativas
Author: Andrade, Ana Maria Teixeira
Advisor(s): Albuquerque, Luiz Botelho
Keywords: Educação
Histórias de Vida
PRECE
Solidariedade
Aprendizagem Cooperativa
Issue Date: 2019
Citation: ANDRADE, Ana Maria Teixeira. Narrativas de vida e formação de estudantes e lideranças do Programa de Educação em Células Cooperativas. 2019. 457f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza(CE), 2019.
Abstract in Portuguese: O PRECE, então Programa de Educação em Células Cooperativas surgiu em Pentecoste, Ceará, em 1994, sob a liderança do professor Manoel Andrade Neto da Universidade Federal do Ceará e de mais sete estudantes que, na ocasião, estavam fora da escola. Esses seis rapazes e uma moça se reuniam em uma Casa de Farinha para estudarem juntos com o desejo de se escolarizarem e entrarem na universidade, e assim conseguiram através do PRECE. O jeito que encontraram, aprendendo em cooperação e solidariedade trouxe êxitos, pois cinco deles e a moça fizeram o ensino superior e ainda construíram um movimento de estudantes cooperativos e solidários que tem sido exemplo em metodologia participativa para agentes da educação no Ceará, Brasil e fora do país. Esse estudo objetiva compreender as condições de produção e de existência da experiência educacional do PRECE; saber como se deu o processo de aprendizagem cooperativa e solidária que gerou impactos sociais pela inclusão de jovens populares no ensino superior; evidenciar elementos impactantes e diferenciais que possibilitem a compreensão de que a experiência pedagógica tem potencial inspirador a práticas educativas em outros ambientes educacionais, formais ou não. Guiando-me pela proposta teórico-metodológica das Histórias de Vida e formação, coloco lado a lado, a minha autoanálise, pautada pelas experiências de formação na comunidade, na escola e no PRECE e a análise de nove memoriais de estudantes e líderes comunitários que caminharam comigo. Analisei episódios referentes ao antes e ao depois da experiência, em suas realidades difíceis nos rincões interioranos. Destaquei pontos fortes, valores educativos, elementos metodológicos e práticas sociais. O trabalho revela resultados que podem servir de inspiração para profissionais da área da educação que carregam grandes desafios nesse campo no Brasil. Os dados obtidos permitiram outro olhar sobre o contexto educacional e político da experiência e a percepção do valor que teve o capital social levantado pelo grupo precista na região. Vi em minhas práticas, uma convivência com o outro e uma opção de mudança de realidades excludentes para outras inclusivas e promotoras da justiça social. Percebi que a experiência do PRECE teve potencial transformador por incluir, socialmente, uma juventude vinda de famílias de baixa renda através da educação cooperativa e solidária que inseriu esse público na universidade, resultando em potente fertilidade na possibilidade de implementações em outros contextos educacionais aproximados. E nisso tudo se mantém um habitus individual e grupal, acionados e mantidos pelo campo e seus agentes através da interdependência social, protagonizando vários projetos educacionais e transformadores de vida. Por fim, essa narrativa de formação apanhou fragmentos da vida da educadora que sou, agente de uma práxis em uma experiência (trans)formadora a qual revela uma leitura de mim, do outro e do mundo nas dimensões afetiva, formativa e social.
Abstract: PRECE, then Cooperative Cell Education Program was founded in 1994, in Pentecoste, Ceará, under the leadership of Professor Manoel Andrade Neto of the Federal University of Ceará and seven other students who weren’t attending school at the time. These six boys and one girl were meeting in a flour house to study together with the purpose of finishing their studies and enter in the university and they succeeded through the PRECE program. Learning in cooperation and solidarity brought success, observing that they completed higher education and also built a cooperative and supportive student movement that has been an example in participatory methodology for education agents in Ceará, Brazil and internationally. The purpose of this thesis is to understand the conditions of production, existence of the PRECE Program, how this experience of cooperative and solidarity learning generated social impact in the inclusion of young low-income students in the university; to highlight impacting and differential elements that enable the understanding that the educational experience has potential to inspire educational practices in other environments, formal or non-formal. Guided by the theoretical-methodological proposal of life stories and formation, I place my self-analysis side by side, guided by the development experiences in the community, in the school, in PRECE and the analysis of nine memorials of students and community leaders who also walked the same path. I analyzed episodes of before and after the experience in their difficult reality in the countryside. I highlited strengths, educational values, methodological elements and social practices. The thesis shows results that can serve as inspiration to professionals in the field of education who carry great challenges in Brazil. The obtained data allowed another look on the educational and political context of the experience and the perception of the value that had the social capital raised by the PRECE group in the region. I realized that the experience of PRECE had transformative potential by socially including youth from low-income families through the cooperative and supportive education that inserted this group in the university, resulting in potent fertility in the possibility of implementation in other close educational contexts. In this context, an individual and group habitus is maintained, driven and maintained by the field and its agents through social interdependence, leading various educational projects and life transformers. Finally, this narrative of formation caught fragments of the life of the educator I am, the agent of a praxis in a (trans) formative experience which reveals a reading of myself, the other and the world in the affective, formative and social dimensions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49549
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tese_amtandrade.pdf12,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.