Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49512
Title in Portuguese: Eficiência técnica da fruticultura cearense: uma abordagem paramétrica (SFA) para o ano de 2006
Author: Sousa, Wesley Leitão de
Dias, Jeronimo Marcelino
Asevedo, Moisés Dias Gomes de
Carmo, Juliette Freitas do
Lima, Patricia Veronica Pinheiro Sales
Keywords: Lavouras permanentes
Escores de eficiência técnic
Fronteira de produção
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: SOUSA, Wesley Leitão de et al. Eficiência técnica da fruticultura cearense: uma abordagem paramétrica (SFA) para o ano de 2006. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 9).
Abstract in Portuguese: Este trabalho objetiva avaliar o desempenho de fruticultores cearenses por meio de abordagem paramétrica. Para tal estimou-se escores de eficiência técnica (ET) para produção de lavouras permanentes nos estabelecimentos rurais cearenses empregando dados do censo agropecuário de 2006. Como metodologia estimou-se uma fronteira de produção estocástica do tipo Cobb-Douglas, modelada com variável de ineficiência e em seguida calculou-se as ET por municípios. Os resultados mostraram que o fator trabalho teve impacto mais significativo do que o fator capital na fruticultura cearense; o fator de produção terra não foi estatisticamente significante. Na equação de ineficiência técnica a variável financiamento apresentou sinal esperado (negativo); concluindo que o financiamento agrícola corroborou na redução da ineficiência técnica nos municípios cearenses. A mesorregião dos Sertões Cearenses apresentou maiores escores de ET e somente 15% dos municípios envolvidos na amostra apresentou ET ≥ 60%. Os municípios mais ineficientes foram: Guaramiranga, Fortaleza e Mulungu; os mais eficientes foram: Boa Viagem, Catunda e Santana do Cariri. Na fruticultura o capital humano mostra-se mais importante que máquinas e utensílios agrícolas, pois no plantio de mudas, poda e coleta de frutos o trabalho humano mostra-se mais eficiente no sentido não proporcionar danos aos frutos coletados, além de que uma máquina agrícola ocupa um espaço maior do que o necessário para uma simples coleta. Destaca-se que o Ceará está inserido em zona semiárida e, portanto é esperado que os escores de ET fossem baixos.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49512
metadata.dc.type: Resumo
Appears in Collections:EPPG - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_wlsousa.pdf51,27 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.