Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49454
Title in Portuguese: A análise na produção jornalística do Jornal O Povo pós-reforma gráfico-editorial de 2018
Author: Silva, Ana Karolina Saldanha
Co-advisor(s): Almeida Filho, Edgard Patrício de
Keywords: Jornalismo
Análise
Transformações
Issue Date: 2019
Citation: SILVA, Ana Karolina Saldanha. A análise na produção jornalística do Jornal O Povo pós-reforma gráfico-editorial de 2018. 2019. 49f. TCC (Graduação em Jornalismo) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Curso de Comunicação Social/ Jornalismo, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: As transformações no consumo da informação e nas práticas produtivas do jornalismo provocaram um fluxo de mudança nos veículos, sobretudo, impressos. Com a velocidade de circulação da notícia nos meios digitais e suas implicações, muitos jornais buscaram um novo posicionamento de mercado através de segmentações, design editorial e até o fortalecimento de certos gêneros e formatos. Nesse cenário, o jornal cearense O Povo lançou seu mais recente projeto gráfico-editorial, ao completar 90 anos de fundação, em janeiro de 2018. Dentre os elementos apresentados como suportes da produção jornalística nesse período, evidenciamos o ponto ‘análise’ a fim de explorar suas características e relações com as mudanças dos jornais. Partimos da questão de pesquisa “O que configura o ponto de ‘análise’ do ‘pentágono da notícia’ proposto pelo O Povo e como ele se apresenta nos textos de reportagem do jornal impresso pós-reforma gráfico-editorial de 2018?”. Para isso realizamos uma análise de conteúdo em reportagens dos períodos antes, durante e depois da reformulação, explorando os seguintes indicadores: certificação; explicação; contexto; dados estatísticos; prognóstico; pontos de vista; linguagem e explicitação. Dessa maneira, usamos conceitos de autores que trabalham o teor analítico e interpretativo no jornalismo, como Soontjens (2018), Gersamia (2012), Salgado e Strömbäck (2011), Seixas (2009), entre outros. Constatamos que as variáveis de explicação, contextualização e previsões apresentam permanência nos três períodos indicados, mesmo com o aumento do número de reportagens após a reformulação. A certificação foi uma ausência nas reportagens analisadas, por falta da manifestação da verificação da verdade e separação de fatos verdadeiros ou falsos. Fora a certificação, a diversidade de pontos de vista e a utilização de dados estatísticos foram os indicadores de menor frequência em relação aos demais elementos. Pontuamos que há uma necessidade, considerando o crescimento do jornalismo interpretativo nos últimos anos, da interpretação e das ponderações diante da grande quantidade de dados produzida e disseminada na atualidade. Além disso, perspectivas e construções dialógicas no texto jornalístico são ferramentas de favorecimento à análise autônoma do leitor, à produção de conhecimento e ao fortalecimento da pluralidade e democracia nos meios de comunicação.
Abstract: The changes in news consumption and in productive routines of journalism caused a flow of modifications largely at newspapers. Among the quickness of news circulation in digital media and its implications, many vehicles are seeking a new marketing position via segmentation, editorial design and the enhancement of certain genres and formats. In this scenario, the Cearense newspaper O Povo launched its latest graphic and editorial project upon completing 90 years of foundation in January 2018.We start from the research question "What constitutes the element of 'analysis'of the 'news pentagon'proposed by O Povo and how does it present itself in news reporting after the graphic and editorial reformulation of 2018?".Therefore we conducted a content analysis in reports of the periods before, during and after the reformulation, exploring the following indicators: certification; explanation; context; statistic data; prognosis; viewpoints; language and explicitation.Thus, we use concepts from authors who work on analytical and interpretive content in journalism, such as Soontjens (2018), Gersamia (2012), Salgado and Strömbäck (2011), Seixas (2009), among others. We found that the explanation, contextualization and prognosis variables remain in the three indicated periods, even with the increase in the number of reports after the reformulation. Certification had an absence in the analyzed reports, due to the lack of manifestation of truth verification and separation of true or false facts.Apart from certification, the diversity of points of view and the use of statistical data were the least frequent indicators in relation to the other elements.We point out that there is a need, considering the growth of interpretive journalism in recent years, of interpretation and consideration given the large amount of data produced and disseminated today. Moreover, perspectives and dialogic constructions in the journalistic text are tools that favor the autonomous analysis of the reader, the production of knowledge and the strengthening of plurality and democracy in the media.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49454
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:JORNALISMO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_akssilva.pdf658,85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.