Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49115
Title in Portuguese: Trabalho,reprodução social e educação
Author: Moura, Epitácio Macário
Advisor(s): Lessa Filho, Sérgio Afrânio
Keywords: Trabalho
Sociedade
Trabalho- função social
Issue Date: 2005
Citation: MOURA,Epitácio Macário.Trabalho,reprodução social e educação.2005.161f.- Tese (Doutorado)- Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Educação. 2005.
Abstract in Portuguese: o presente trabalho tem três objetivos fundamentais: a) expor a natureza e especificidade da atividade educativa no âmbito da práxis social em geral; b) discutir as mediações que operam entre a categoria do trabalho e a da educação na perspectiva da ontologia marxiana/lukácsiana e c) recolocar, numa perspectiva ontológica, o problema da função da educação frente aos imperativos da transformação social. O arrimo teórico-metodológico é fornecido pelo materialismo dialético e está desdobrado da seguinte forma: no primeiro capítulo procedemos à exposição da categoria trabalho a partir principalmente do capítulo I do volume II da "Ontologia do ser social" de Gy6rg Lukács. E onde procuramos deslindar os nexos constitutivos desta categoria e demonstrar seu caráter fundante da forma de vida ' humana. Argumentamos ainda que o trabalho exige e põe em processo de gênese complexos de atividades que já não têm a natureza por objeto, mas que se voltam sobre o próprio homem/sociedade, porquanto trata-se de atividades ontologicamente diferentes do próprio trabalho. No segundo capítulo caracterizamos a categoria da reprodução social tendo por base o capítulo II do volume II da "Ontologia do ser social" de Lukács. Interessou-nos fundamentalmente demonstrar que a reprodução social se processa dinamicamente sobre a base de atividades objetivadoras, o trabalho e a práxis em geral; por isto, ela se caracteriza como um incessante fluxo de criação de novidades. As novidades assim engendradas são armazenadas em vetores materiais como os instrumentos, a linguagem, as relações sociais, o conhecimento, a arte, e são preservadas no curso da história. Cada nova geração e cada indivíduo têm de apropriar-se dessa experiência acumulada como condição de sua inserção ativa e produtiva na vida social. Porquanto, a apropriação da experiência passada aparece como condição de possibilidade da articulação de respostas frente às necessidades colocadas pela totalidade social no presente. Como os indivíduos sempre respondem em circunstâncias novas colocadas pela reprodução social, aquilo que eles reproduzem do passado é re-elaborado, é transformado, em função das demandas inéditas que se apresentam em suas vidas. Nesse sentido, a reprodução social é uma dinâmica que comporta dois movimentos que se interpenetram constantemente: a reprodução do já adquirido e a produção do novo. Por isso ela só pode ser caracterizada como uma dialética da continuidade na mudança e da mudança na continuidade. A educação, enquanto complexo de atividades voltado para mediar a apropriação por cada indivíduo daquilo que faz parte da experiência sócio-histórica dos homens, tem sua gênese posta pela reprodução social. Este é o objeto do terceiro capítulo, onde desdobramos a abordagem de Lukács e a de Leontiev e procuramos realizar uma síntese destes dois autores. Com efeito, nossa argumentação é no sentido de mostrar a necessidade que põe a gênese da educação, a função social deste complexo de atividades, suas finalidades, seu sujeito e seu objeto. Baseado nisto, procuramos demonstrar que a educação é fundada pelo trabalho, mas é ontologicamente diferente deste. Nas considerações finais demonstramos que, enquanto atividade social que medeia a apropriação - pelos indivíduos - da massa de conhecimentos, habilidades, valores, reclamada pela sociedade, a educação é inerentemente ideológica e, como tal, é afetada na sua forma e conteúdo pelo antagonismo de classes. Embora seja um momento determinado pela dinâmica do conflito que se desenrola na sociedade, a educação no sentido amplo e restrito constitui uma trincheira de disputa muito significativa para os que lutamos pela emancipação humana.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49115
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_tese_emmoura.pdf122,63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.