Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48814
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAsevedo, Moisés Dias Gomes de-
dc.contributor.authorSousa, Wesley Leitão de-
dc.contributor.authorDias, Jeronimo Marcelino-
dc.contributor.authorAraujo, Jair Andrade de-
dc.date.accessioned2019-12-18T14:37:10Z-
dc.date.available2019-12-18T14:37:10Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationASEVEDO, Moisés Dias Gomes de et al. Interação entre fatores socioeconômicos ambientais e ocorrência de casos da dengue no Ceará. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 9)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48814-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Cearápt_BR
dc.subjectDenguept_BR
dc.subjectAgente de combate à endemiaspt_BR
dc.subjectModelo de dados em painelpt_BR
dc.titleInteração entre fatores socioeconômicos ambientais e ocorrência de casos da dengue no Cearápt_BR
dc.typeResumopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEsta pesquisa objetiva analisar o impacto das variáveis socioeconômicas ambientais na notificação dos casos de dengue em municípios cearenses durante o período de 2002 a 2012. Como metodologia empregou-se o modelo de regressão de dados em painel, descrito por Gujarati (2006) e Greene (2012). As variáveis eleitas foram: agentes de combate a endemias, abastecimento de água, rede coletora de esgoto, precipitação pluviométrica (mm), Produto Interno Bruto (PIB) municipal, número de unidades de saúde e casos notificados da dengue (variável dependente). Os estimadores do modelo obtido foram significantes (p<0,01) e apresentaram sinal esperado (a exceção da precipitação pluviométrica que apresentou relação inversa com o número de casos notificados da dengue, relação possivelmente atribuída ao baixo volume de chuvas notificado durante o período). O acesso à água, saneamento básico e PIB municipal não impactaram fortemente na notificação de casos da dengue. Os agentes de combate a endemias desempenharam papel fundamental no combate a dengue, portanto compete ao governo do estado do Ceará contratar mais agentes de combate a endemias ou oferecer condições adequadas para melhoria do trabalho dos mesmos, bem como conscientizar a população no tocante ao descarte adequado de resíduos sólidos, tendo em vista que podem se tornar criadouros artificiais para o mosquito (Aedes aegypti) que atualmente também é transmissor da Zika vírus e Chikungunya.pt_BR
Appears in Collections:EPPG - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_mdgasevedo.pdf50,1 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.