Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48753
Title in Portuguese: O cine pet como atividade de lazer no ambiente hospitalar de portadores de cancer
Author: Gomes, Nathalia Lopes
D'ávila, Sande Maria Gurgel
Oliveira, Maria Nilka de
Barros, Marcia de Sousa Paula
Oliveira, Ana Luiza Cavalcante de
Davila, Sande Maria Gurgel
Keywords: Riso
Lazer
Bem estar
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: GOMES, Nathalia Lopes et al. O cine pet como atividade de lazer no ambiente hospitalar de portadores de cancer. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Programas de Educação Tutorial, 3).
Abstract in Portuguese: O câncer é atualmente a segunda causa de morte no mundo ocidental. A organização Mundial de Saúde (OMS) dispõe que onze milhões de pessoas são diagnosticados com câncer anualmente, e que a doença representa 12,5% das mortes no mundo. Mais de 16 milhões de casos serão verificados até 2020. Por ser uma doença que afeta bastante o psicológico dos pacientes, faz-se necessário que sejam realizadas atividades de lazer com o intuito de amenizar o processo. A partir dessa perspectiva, bolsistas e tutores do Programa de Educação Tutorial do Curso de Economia Doméstica, realizaram com os pacientes atendidos pelo CRIO ( Centro Regional Integrado de Oncologia), momentos de descontração através da exibição de filmes de comédia. Essa atividade buscou propiciar momentos de distração e alegria, contribuindo para a amenização do medo e da ansiedade causada pela hospitalização e a doença em si. Essa atividade foi realizada em três dias não consecutivos. Inicialmente aconteceu a apresentação das facilitadoras e dos pacientes para que houvesse uma maior integração. Os filmes exibidos foram: O Auto da Compadecida, Se eu fosse você e o filme Escrito nas estrelas. O lazer é necessário não só para amenizar a permanência do paciente no hospital, mas também para estimular a socialização, a afetividade, o bem estar físico e mental, enfim, o resgate da parte saudável do paciente e a sua qualidade de vida. Os pacientes mostraram-se bastante receptivos e entusiasmados. Além de proporcionar momentos de descontração, essa atividade contribuiu para o processo de superação da doença. É possível afirmar, ainda, que a alegria, o riso e o relaxamento são tão importantes para o paciente quanto os medicamentos. Esta experiência pode levar à ressignificação do contexto hospitalar e a compreensão de que o hospital não é um espaço apenas de vivências desagradáveis, como procedimentos dolorosos, ansiedade, perdas e afastamento da família. Rir pode ser o melhor remédio para a alma.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48753
metadata.dc.type: Resumo
Appears in Collections:EPET - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_nlgomes.pdf50,33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.