Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48688
Title in Portuguese: Propriedades clinimétricas do Knee Extension Prone Test (KEPT): um novo método para avaliar o déficit de hiperextensão do joelho
Author: Sousa, Edson Bruno Vidal de
Maia, Ana Lídia
Bezerra, Márcio Almeida
Oliveira, Rodrigo Ribeiro de
Almeida, Gabriel Peixoto Leão
Lima, Pedro Olavo de Paula
Advisor(s): Lima, Pedro Olavo de Paula
Keywords: Amplitude de Movimento Articular
Articulação do Joelho
Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
Issue Date: 2-Dec-2019
Citation: SOUSA, E. B. V. et al. Propriedades clinimétricas do Knee Extension Prone Test (KEPT): um novo método para avaliar o déficit de hiperextensão do joelho. 2019. Artigo (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade de Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: INTRODUÇÃO: A perda da ADM final de hiperextensão do joelho é uma das principais consequências após uma lesão nessa articulação, e essa sequela causa importantes alterações biomecânicas e prejuízos funcionais. Aplicativos de inclinometria para smartphone, são instrumentos de baixo custo capazes de determinar o déficit de hiperextensão do joelho, com base na diferença de inclinação em graus entre os membros inferiores na posição prona. OBJETIVO: Analisar a validade concorrente e confiabilidade de um novo método de avaliação do déficit de hiperextensão do joelho em prono (knee extension prone test - KEPT). MÉTODOS: Estudo transversal de confiabilidade. 2 examinadores realizaram as avaliações: 1. Goniometria lateral do joelho; 2. Inclinometria anterior da tíbia; 3. Fotogrametria lateral em supino; 4. Fotogrametria lateral em prono; 5. Inclinometria sobre uma base entre os calcâneos na posição prona (novo método proposto - KEPT). Os indivíduos foram divididos em dois grupos, G1: Saudáveis, e G2: Com histórico de lesão no joelho. A validade concorrente do KEPT e a confiabilidade intra- e inter-examinador foram analisadas com o coeficiente de correlação linear de Pearson (r) e coeficiente de correlação intraclasse (CCI). RESULTADOS: O KEPT demonstrou excelente confiabilidade intra e interexaminadores. O erro padrão de medida foi 0,47° e 1,30°, já alteração mínima detectável foi 2,35 e 6,5° na comparação intra e interexaminadores respectivamente. A validade KEPT variou de moderada a boa (p<0,01) CONCLUSÃO: O KEPT demonstrou ser válido e confiável para avaliação do déficit de hiperextensão do joelho tanto em indivíduos saudáveis quanto em pacientes com lesão no joelho.
Abstract: BACKGROUND: The loss of the final knee hyperextension ROM is one of the main consequences after an injury to this joint, and this sequel causes important biomechanical changes and functional impairment. Inclinometry applications for smartphones are low-cost instruments that can determine the knee hyperextension deficit based on the difference in inclination between the lower limbs in prone position. OBJECTIVE: To analyze the concurrent validity and reliability of a new method for assessing knee extension prone test (KEPT). METHODS: Cross-sectional study of reliability. Two examiners performed the evaluations: 1. Lateral knee goniometry; 2. Anterior tibial inclinometry; 3. Lateral supine photogrammetry; 4. Lateral photogrammetry in prone; 5. Inclinometry on a base between the heels in the prone position (proposed new method - KEPT). The individuals were divided into two groups, G1: Healthy, and G2: With history of knee injury. Concurrent KEPT validity and intra- and inter-examiner reliability were analyzed using Pearson's linear correlation coefficient (r) and intraclass correlation coefficient (ICC). RESULTS: KEPT demonstrated excellent intra and inter-examiner reliability. The standard error of measurement was 0.47 ° and 1.30 °, whereas the minimum detectable change was 2.35 and 6.5 ° in the intra and interexaminer comparison respectively. KEPT validity ranged from moderate to good (p <0.01). CONCLUSION: KEPT has been shown to be valid and reliable for assessing knee hyperextension deficit in both healthy individuals and patients with knee injuries.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48688
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_ebvsousa.pdf1,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.