Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48232
Title in Portuguese: A caatinga dos lagartos anões: uso de espécies arbóreas como habitat por Lygodactylus klugei (Gekkonidae;Squamata)
Author: Ramos, Antônio Rafael Lima
Advisor(s): Nojosa, Diva Maria Borges
Co-advisor(s): Bezerra, Castiele Holanda
Keywords: Utilização do habitat
Caatinga
Lacertilia
Issue Date: 2019
Citation: RAMOS, Antônio Rafael Lima. A caatinga dos lagartos anões: uso de espécies arbóreas como habitat por Lygodactylus klugei (Gekkonidae;Squamata). 2019. 31 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: Os lagartos constituem o grupo mais diversificado entre os répteis. Essa diversidade resulta na presença desses animais nos mais variados tipos de habitats, que são utilizados como abrigo, na proteção contra predadores e como fonte de alimento. O habitat arbóreo é distinguido dos demais pela sua alta complexidade, reflexo de uma grande variedade de atributos físicos apresentados pelas diferentes espécies vegetais Porém, o compartilhamento desses atributos pode estar relacionado ao aporte do número de indivíduos presente por área. Entre os lagartos arborícolas está Lygodactylus klugei um a lagarti xa presente na Caatinga , que a presenta lamelas adesivas nos dígitos e na cauda, garant indo melhor aderência no substrato lenhoso. A associação desses indivíduos a espécies vegetais arbóreas da Caatinga pode ser a causa d o seu sucesso adaptativo. Neste trab alho, foi investiga da a diversidade de espécies vegetais utilizadas por L. klugei como habitat , verificando se características morfológicas expressas por essas espécies vegetais estão relacionadas a maior abun dância de indivíduos por árvore A pesquisa foi desenvolvida entre julho de 2018 a julho de 2019, com coletas em 12 municípios: Aiuaba, Crateús, Potiretama e Quixadá, no Ceará; Caetés, Carnaubeira da Penha e Petrolina, em Pernambuco; João Câmara e Mossoró, no Rio Grande do Norte; Patos na Paraíba e; Sã o Raimundo Nonato, no Piauí. Foram realizadas buscas ativas , e i mediatamente após a captura ou visualização, foram anotadas algum as características da á rvore utilizad a como poleiro pelos lagartos, tais como: espécie, número de ramificações, presença de esp inhos e textura do tronco (liso ou rugoso). Foram computados 262 indivíduos visualizados em 157 árvores de 27 espécies, distribuídas em 12 famílias botânicas , das quais a Catingueira ( Cenostigma sp. sp.), Jurema Preta ( Mimosa tenuiflora ), Pau Ferro ( Libidibia ferrea ) e Algaroba Prosopis juliflora apresentaram maior destaque . Observou se que as c aracterísticas da árvore não estão relacionadas a uma maior ocorrência de indivíduos por árvore D iferenças entre as populações podem ser reflexo da composição de esp écies lenhosas presentes em cada local onde, indivíduos demostram utilizar espécies mais abundantes O lagarto Lygodactylus klugei demo n strou possuir natureza generalista em termos de uso do habitat . Estando presente também em locais modificados p or aç ões antrópica s .
Abstract: Lizards are the most diverse group among reptiles. This diversity results in the presence of these animals in the most varied habitat types, which are used as shelter, pro tection against predators and as a food source. The arboreal habitat is distinguished from the others by its high complexity, reflecting a wide variety of physical attributes presented by different plant species. However, the sharing of these attributes ma y be related to the contribution of the number of individuals present per area. Among the arboreal lizards is Lygodactylus klugei , an endemic Caatinga gecko, which has adhesive lamellae on its fingers and tail, ensuring better adhesion to the woody substra te. The association of these individuals with Caatinga tree plant species may be the cause of their adaptive success. In this work, we investigated the diversity of plant species used by L. klugei as habitat, verifying if morphological characteristics expr essed by these plant species are related to the greater abundance of individuals by trees. The research was conducted from July 2018 to July 2019, with collections in 12 municipalities: Aiuaba, Crateús, Potiretama and Quixadá, in Ceará; Caetés, Carnaubeira da Penha and Petrolina, in Pernambuco; João Câmara and Mossor ó, in Rio Grande do Norte; Patos in Paraíba and; São Raimundo Nonato, in Piauí. Active searches were performed, and immediately after capture or visualization, some characteristics of the tree u sed as perch by the lizards were noted, such as: species, number of branches, presence of thorns and trunk texture (smooth or rough). A total of 262 individuals were visualized in 157 trees of 27 species, distributed in 12 botanical families, mainly Cenost igma sp .., Mimosa tenuiflora , Libidibia ferrea and Prosopis juliflora It was observed that tree characteristics are not related to a higher occurrence of individuals per tree. Differences between populations may reflect the composition of woody species pre sent in each location where individuals demonstrate to use more abundant species. The lizard Lygodactylus klugei has been shown to have a generalist nature in terms of habitat use. Being present also in places modified by anthropic actions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48232
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_arlramos.pdf2,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.