Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4813
Title in Portuguese: Detecção do DNA de Trypanosoma cruzi por PCR em sangue de pacientes com doença de Chagas crônica e em dejetos de triatomíneos utilizados para o xenodiagnóstico
Title: The detection of Trypanosoma cruzi by pcr-multiplex in blood of patients with suspected disease chronic wounds and waste of used for xenodiagnosis triatomines
Author: Maia, Allan Rodrigo Soares
Advisor(s): Teixeira , Maria Jania
Keywords: Trypanosoma cruzi
Doença de Chagas
Triatominae
Issue Date: 2012
Citation: MAIA, A. R. S. Detecção do DNA de Trypanosoma cruzi por PCR-MULTIPLEX em sangue de pacientes com suspeita de doença de chagas crônica e em dejetos de triatomíneos utilizados para xenodiagnóstico. 2012. 132 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: A doença de Chagas é causada pelo parasito intracelular Trypanosoma cruzi e afeta em torno de 17 milhões de pessoas na América Latina. A fase crônica da doença caracteriza-se por baixo nível de parasitemia e alto nível de anticorpos Anti-T.cruzi e o diagnóstico é feito preferencialmente utilizando-se métodos sorológicos, incluindo imunofluorescência indireta (IFI), hemaglutinação indireta (HAI) e imunoensaio enzimático (ELISA). São testes que apresentam alta sensibilidade, mas sofrem de baixa especificidade, e um variável número de indivíduos apresenta testes sorológicos inconclusivos. Nos últimos anos, muitos estudos têm usado a tecnologia da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) para detectar sequências de DNA de T. cruzi em sangue de pacientes chagásicos crônicos. A alta especificidade da PCR tem apontado para sua aplicação como método confirmatório no diagnóstico de pacientes com provas sorológicas inconclusivas. O objetivo desse trabalho foi realizar uma análise comparativa entre a PCR e os métodos convencionais mais utilizados para o diagnóstico - sorologia e xenodiagnóstico, na detecção da infecção por T. cruzi, em indivíduos com doença de Chagas crônica. Sangue de 67 pacientes chagásicos crônicos, ambos os sexos, provenientes do ambulatório de doença de Chagas do Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará, foram avaliados para T. cruzi, utilizando testes sorológicos (IFI, HAI e ELISA), PCR-Multiplex e xenodiagnóstico. Além disso, foi avaliado também a PCR-Multiplex em dejetos de triatomíneos provenientes do xenodiagnóstico destes pacientes. De acordo com o resultado dos testes sorológicos, os pacientes foram classificados em 3 grupos: 1°. Sorologia positiva (quando 2 ou 3 resultados dentre os 3 testes sorológicos foram positivos), 2°. Sorologia inconclusiva ou indeterminado (apenas 2 resultados foram negativos) e 3°. Sorologia negativa (quando os 3 resultados foram negativos). Dentre as 59 amostras com sorologia positiva foram obtidos 18 (30,5%) resultados positivos de PCR-Multiplex em sangue periférico e 41 (69,5%) resultados negativos. Nos PCR-Multiplex em dejetos de triatomíneos foram obtidos 20 (33,9%) resultados positivos e 39 (66,1%) resultados negativos. As 2 amostras com sorologia inconclusiva foram negativas na PCR-Multiplex, tanto em sangue periférico como em dejetos de triatomíneos. As amostras com sorologia negativa (n=6) apresentaram 2 resultados positivos (33,3%) na PCR-Multiplex em sangue e 4 resultados negativos (66,7%). Nos dejetos de triatomíneos, as 6 amostras com sorologia negativa foram negativas na PCR-Multiplex. Estes resultados mostraram que o ensaio da PCR-Multiplex em amostras de sangue periférico e em dejetos de triatomíneos, empregando iniciadores para regiões diferentes, no caso, DNA nuclear e DNA do cinetoplasto, podem ser aplicados para o diagnóstico da doença de Chagas crônica (mesmo com diferentes metodologias de extração de DNA total). Os dados mostraram também que a PCR-Multiplex em dejetos de triatomíneos é mais sensível que o ensaio do xenodiagnóstico.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4813
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_arsmaia.pdf15,94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.