Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48032
Title in Portuguese: Conhecimentos e atitudes das pessoas em relação às serpentes no Nordeste do Brasil
Author: Barbosa, Ítalo Hipólito de Lima
Advisor(s): Nojosa, Diva Maria Borges
Co-advisor(s): Rodrigues, João Fabrício Mota
Keywords: Conservação
Escolaridade
Etnoherpetologia
Etnozoologia
Ofidios
Issue Date: 2014
Citation: BARBOSA, Ítalo Hipólito de Lima. Conhecimentos e atitudes das pessoas em relação às serpentes no Nordeste do Brasil. 2014. 35 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.
Abstract in Portuguese: A etnozoologia é uma área científica que estuda as várias interações entre o homem e os animais sendo um dos seus objetivos entender o que influencia as atitudes das pessoas em relação a esse grupo. A escolaridade influencia positivamente as atitudes das pessoas em relação às serpentes, grupo de animais que tem sido tradicionalmente alvo de muitas atitudes negativas humanas. Este estudo objetiva investigar o conhecimento e as atitudes de estudantes e profissionais em relação à ofiofauna. Os dados foram coletados entre julho de 2010 e dezembro de 2013 perfazendo um total de 1.142 questionários que foram aplicados a estudantes de nível básico e superior e a policiais que iriam trabalhar no interior do Estado do Ceará, Nordeste do Brasil. A grande maioria dos participantes agiria de forma correta ao se depararem com uma serpente fora do seu habitat natural. O grupo “Biologia” não diferiu quanto a atitudes certas ou erradas quando comparado com os grupos “Polícia” e “Outra Formação”. Os assuntos “Diversidade” e “Riscos de Acidentes” foram os que mais despertaram a curiosidade dos participantes. Esses assuntos foram os únicos que apresentaram diferença entre os grupos sendo o grupo “Biologia” o que mais se interessou pelo tema “Diversidade”, e o grupo “Polícia” o que mais se interessou pelo tema “Riscos de Acidentes”. Do total de 31 nomes de serpentes citadas, as primeiras 10 perfizeram quase a totalidade das citações (93,21%), destacando-se “Jiboia”, “Cascavel” e “Coral”. Foram citados nomes de serpentes não nativas do Ceará ou do Brasil, além de animais que não representam as serpentes. O nível de escolaridade ou instrução são fatores que devem ser levados em consideração pelas políticas públicas para que seja atingida uma mudança positiva de comportamento em relação ao ambiente natural. A fauna nativa é mais conhecida do que a de outras regiões, provavelmente devido a maior probabilidade de encontros e a informações exógenas. Por fim, este estudo indica que as pessoas podem estar mudando de concepção em relação às serpentes e isso pode ser o resultado de uma maior disseminação de informações científicas.
Abstract: The ethnozoology studies the interactions between human and animals, and it also seeks to understand what influences people's attitudes towards this group. Education positively influences people's attitudes toward snakes, a group which has been traditionally target of many negative human attitudes. This study aims to investigate the knowledge and attitudes of students and professionals towards snakes. Data were collected between July 2010 and December 2013. A total of 1,142 questionnaires were applied to basic and higher level students and police officers who would work in the countryside of Ceará, Northeastern Brazil. Most of the participants would act correctly when faced with a snake out of its natural habitat. There were no differences in the number of right or wrong attitudes when the "Biology" group with "Police" group and "Other Education" group. The subjects "Diversity" and "Accident Hazards" were the most often chosen by the participants. "Biology" group was most interested on "Diversity", and "Police" group was most interested in the "Accident Hazards". A total of 31 popular names of snakes were cited. The first 10 totaled almost all the citations (93.21%), especially "Jiboia/Cobra-de-veado", "Cascavel" and "Coral". Names of non-native snakes of Ceará and Brazil were cited, as well as animals that are not snakes. The level of education or instruction are factors that should be considered by public policies in order to reach attitude's changes towards the natural environment. Native fauna is better known than that of other regions and this may be the result of an increased probability of encounter with these animals. The influence of the media may be the reason of the citation of non-native snakes. This study indicates that people may be changing conception toward snakes and may be the result of greater dissemination of scientific information.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48032
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tcc_ihlbarbosa.pdf480,08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.