Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47816
Title in Portuguese: A trajetória do conceito - uma apresentação
Author: Vasconcelos, José Gerardo
Keywords: Pesquisa educacional
Educação para a Diversidade
Respeito à diversidade cultural
Issue Date: 2006
Publisher: Edições UFC
Citation: VASCONCELOS, José Gerardo. A trajetória do conceito - uma apresentação. In: VASCONCELOS, José Gerardo; SOARES, Emanoel Luis Roque; CARNEIRO, Isabel Magda Said Pierre (orgs.). Entre Tantos: diversidade na pesquisa educacional. Fortaleza, CE: Edições UFC, 2006. p. 13-16.
Abstract in Portuguese: Viver, sonhar, sentir, experimentar o ato de amar para descobrir que o mundo escapa pelos poros e, ao mesmo tempo, está diluído em infinitos processos de subjetivação. Solapar as conexões do mundo como se o mundo fosse um lugar, uma esperança ou simplesmente uma expectativa de amargura. O animal humano acorda para contemplar o seu próprio caos. Insiste em querer enxergar seu próprio destino. Mergulha nos dilemas que o mundo pode percorrer. Perde-se nos labirintos que não foram conectados na grande máquina de pensamento para se reencontrar na podridão que se vai formando em seu caminho. Fazer de um aporte uma passagem ou quem sabe uma gigantesca ponte lançada sobre o abismo celestial. Essa ponte pode ser uma ponte do conceito que, em seu movimento imanente, encontra o sempre novo e antidialético conceito. Já não será o mesmo e, quem sabe, nem o outro. Poderá ser aquilo que na sua embriaguez caminha trôpego entre tantos conceitos possíveis ou susceptíveis de ações pedagógicas.[...] Esta coletânea representa a diversidade. Caminha pelas trilhas da diferença. Reúne muitas vozes, olhares e conexões sobre o território da educação. Movimenta-se pelo já dito, pelo nunca dito ou simplesmente pelo interdito. É polifônica, polissêmica e polilógica. Desarruma nossas crenças. Entorna nossos sentimentos de desafeto pelo simples ato de poder dizer algo desse animal maravilhoso que a cultura insiste em querer educar. Isso porque o ser humano não é simplesmente um artista consumado. Como diria Nietzsche ele é uma obra de arte. Isso basta para tornar o animal humano divino e eterno em sua incompletude.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47816
metadata.dc.type: Capítulo de Livro
ISBN: 85-7282-194-5
Appears in Collections:DFE - Capítulos de livro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_capliv_jgvasconcelos.pdf2,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.