Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47582
Title in Portuguese: O agênero e a moda: encontro que fomenta um novo mercado em Fortaleza
Author: Almeida, Beatriz Cordeiro Bezerra
Rêgo, Bárbara Cavalcante
Mendonça, Marianna Calixto
Mendes, Francisca Raimunda Nogueira
Keywords: Moda
Agênero
Fortaleza
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: ALMEIDA, Beatriz Cordeiro Bezerra et al. O agênero e a moda: encontro que fomenta um novo mercado em Fortaleza. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v.1, n. 1, 2016. (Encontro de Programas de Educação Tutorial, 3).
Abstract in Portuguese: Observando um movimento global de inclinação para o consumo de moda agênero, esse artigo possui o intuito de pesquisar e analisar como a relação entre moda agênero e mercado tem se estabelecido na cidade de Fortaleza. O artigo discute, primeiramente, o significado de agênero – tema que abre espaço para debate sobre identidade e alteridades. Posteriormente, foram analizadas peculiaridades sobre o movimento agênero e seus signos em relação ao vestuário. Proveniente do Programa de Educação Tutorial do curso de Design-Moda da UFC, esta pesquisa de iniciação científica possui como objetivo compreender o mercado de moda agênero na cidade de Fortaleza e entender o porquê de marcas locais lançarem tal proposta. A metodologia baseou-se em pesquisa bibliográfica, questionário e entrevistas realizadas por e-mail com os responsáveis de três marcas fortalezenses que seguem o conceito agênero na sua produção. Butler (2004, p.69) aponta as dualidades sobre normas de gênero, definidos pelo feminino e masculino, sem desprezar que a existência daqueles que transcendem essa norma. A autora também reforça que tal binarismo entre os gêneros é cada vez mais entendido como forma de multiplicar a definição de gênero. De acordo com Bell (2012, p.2), existem indivíduos que não se encaixam nas distinções binárias entre sexo e gênero propostos pela sociedade, o que influencia suas relações em termos de status, códigos e documentação. Nesse contexto, encontramos a proposta de um gênero fluido, sem identificação com o feminino ou masculino, denominado agênero, agender, genderless, entre outras denominações. A pesquisa mostrou como resultados parciais que o Ceará tem conquistado espaço nesse mercado promissor e apesar de ainda estar em um estágio tímido, as pessoas têm estado mais abertas a conhecer e a adotar essa ideia, sendo acolhidas pela iniciativa de alguns empreendedores locais.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47582
metadata.dc.type: Resumo
Appears in Collections:EPET - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_bcbalmeida.pdf49,22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.