Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47312
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLima, Rafael Prearo-
dc.date.accessioned2019-10-31T12:23:55Z-
dc.date.available2019-10-31T12:23:55Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationLIMA, Rafael Prearo. Blends lexicais e neologismos: alguns conceitos e problematizações. Revista Entrepalavras, Fortaleza, v. 9, n. 3, set./dez. 2019.pt_BR
dc.identifier.issn2237-6321-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47312-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Entrepalavraspt_BR
dc.subjectLexicologiapt_BR
dc.subjectBlend lexicalpt_BR
dc.subjectNeologismopt_BR
dc.titleBlends lexicais e neologismos: alguns conceitos e problematizaçõespt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO processo de formação neológica é um indicativo da dinamicidade das línguas: à medida que a sociedade muda, novas palavras são necessárias para descrever tais mudanças. Tendo isso em mente, o objetivo deste trabalho é observar a formação de neologismos a partir de um processo de formação de palavras, o blend lexical (ou cruzamento vocabular). Para isso, primeiramente apresentaremos e discutiremos alguns conceitos do campo de estudos lexicológicos a respeito de neologismos e de como identificá-los. Depois, apresentaremos o conceito de blends lexicais e como estes são formados. Em seguida, analisaremos ocorrências de blends lexicais entre a palavra “crente” e outras palavras, discutindo se essas ocorrências podem ou não ser consideradas como neologismos. Tais blends foram coletados a partir de postagens da rede social Twitter e selecionados conforme o significado pudesse ser evidenciado a partir de seu uso. Como base teórica, usaremos as definições de neologismos a partir de Rey (1976), Alves (1996, 2001, 2007), Rio-Torto (2007) e Cano (2007), além de considerarmos os estudos de Gonçalves (2003, 2006, 2012) a respeito de blends lexicais. A partir das atuais definições do conceito de neologismo, a análise aponta a dificuldade de precisar os blends lexicais como um fenômeno neológico, indicando a necessidade de aprofundamento teórico para melhor delimitar a identificação de tal fenômeno.pt_BR
Appears in Collections:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_rplima.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.