Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47257
Title in Portuguese: Coocorrência de peixes ao longo de um gradiente longitudinal na bacia do rio Jaguaribe, CE, Brasil
Author: Oliveira, Monalisa Iarla Duarte de
Advisor(s): Botero, Jorge Iván Sánchez
Co-advisor(s): Rodrigues Filho, Carlos Alberto de Sousa
Keywords: Ictiofauna
Modelo nulo
Rios intermitentes
Semiárido
Issue Date: 2016
Citation: OLIVEIRA, Monalisa Iarla Duarte de. Coocorrência de peixes ao longo de um gradiente longitudinal na bacia do rio Jaguaribe, CE, Brasil. 2016. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: Compreender como as assembleias de peixes de rios são estruturadas tem sido alvo de vários estudos ecológicos, uma vez que este conhecimento permite estabelecer medidas de manejo e de conservação desses ecossistemas e das comunidades que neles habitam. No entanto, poucos estudos tem sido realizados sobre a estruturação de assembleias em rios do semiárido. O presente trabalho avaliou o padrão de co-ocorrência de espécies de peixes em um gradiente longitudinal na bacia do rio Jaguaribe, identificando os principais fatores responsáveis por esse padrão. A partir da hipótese “em um rio localizado na região semiárida brasileira, o padrão de estruturação longitudinal das assembleias de peixes será segregado no período chuvoso, uma vez que a presença de barramentos poderá influenciar negativamente a dispersão da ictiofauna, bem como modificar as variáveis físico-químicas”. Os peixes foram coletados em 16 riachos durante o período chuvoso, entre os anos de 2014 e 2015. A influência dos tipos de habitats e reservatórios na distribuição espacial das espécies foi identificada a partir de modelos nulo, utilizando o índice de co-ocorrência (C-score). O efeito combinado entre as condições ambientais (turbidez, tipo de cascalho e fluxo lento) e barramentos foi obtido através de uma Análise Canônica de Coordenadas Principais (CAP). O modelo nulo mostrou um padrão de distribuição segregada das espécies de peixes ao longo do gradiente longitudinal da bacia do rio Jaguaribe. Entretanto, para o efeito dos habitats e dos barramentos esse padrão foi randômico. A CAP parcial revelou que os barramentos e as condições ambientais são responsáveis pelo padrão de distribuição das espécies de peixes. Em conclusão, as assembleias de peixes da bacia do rio Jaguaribe são espacialmente segregadas. Ainda, a principal causa para esse padrão é a ação dos barramentos, o que altera as variáveis ambientais e fragmentam as regiões alta, média e baixa desse ecossistema.
Abstract: Understanding how fish assemblages in rivers are structured has been the subject of many ecological studies, since this knowledge allows us to establish measures of management and conservation of these ecosystems and communities that inhabit them. However, few studies have been conducted on the structuring of assemblies in semiarid rivers. This study evaluated the co-occurrence pattern of fish species along a longitudinal gradient of a semiarid river, identifying the main factors responsible for this pattern. From the hypothesis "in a river located in the Brazilian semiarid region, the longitudinal structuration pattern of fish assemblies will be segregated during the rainy season, since the presence of dams may negatively influence the ichthyofauna dispersion, as well as modify the physical and chemical variables”. Fish were collected from 16 streams during the rainy season, between the years 2014 and 2015. The influence of habitat types and dams on spatial species distribution was identified from null model, using the co-occurrence index (C -score). The combined effect of environmental conditions (turbidity, gravel and flows) and dams was obtained through a Canonical analysis of principal coordinates (CAP). The null model showed a segregated distribution pattern of fish species along the longitudinal gradient. Nevertheless, for the effect of habitats and dams this pattern was random. Partial CAP revealed that the damming and environmental conditions are responsible for the fish species distribution pattern. In conclusion, the fish assemblages of the Jaguaribe River Basin are spatially segregated. Furthermore, the main cause for this pattern is the action of damming, which alters the environmental variables and fragment the upper, middle and lower regions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47257
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tcc_midoliveira.pdf2,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.