Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47180
Title in Portuguese: Repensando o projeto “O mato é nosso”: plano estratégico e de ação permacultural na residência universitária Pici – UFC
Author: Freitas, Marcos Bruno Flor
Advisor(s): Verola, Christiano Franco
Keywords: Educação ambiental
Permacultura
Pensamento complexo
Educação não formal
Issue Date: 2015
Citation: FREITAS, Marcos Bruno Flor. Repensando o projeto “O mato é nosso”: plano estratégico e de ação permacultural na residência universitária Pici – UFC. 2015. 53 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: Desde o começo da era industrial, o ambiente sofre com os impactos causados pelos processos de consumo e produção. Assim se criou o sistema comumente chamado de capitalista, que, atualmente, para se manter de forma hegemônica, as instituições e as relações humanas tiveram que ser captadas para se transformarem em seu instrumento. A escola foi uma dessas instituições que modificou sua organização e função para agradar a ordem do capital, principalmente no eixo homem-sociedade-natureza. Este trabalho reforça a ideia de que a educação ambiental e a permacultura são precursores para a mudança na organização do conhecimento, dos pensamentos e das atitudes, tanto na escola como em espaços não-formais de educação. Para isso, baseados em um aparato teórico e histórico sobre o pensamento complexo, educação ambiental e permacultura, fizemos uma análise do “O Mato é Nosso”, que foi um projeto produzido pelo PIBID-EA e que não pôde ser implantado na E.M.E.I.F. Martinz de Aguiar. A partir, do diário de campo e do relatório de planejamento do projeto, elencamos os principais pontos que dificultaram seu desenvolvimento na escola. Em seguida, reestruturamos o projeto produzindo um plano estratégico e de ação para a Residência Universitária Pici – UFC baseados nos princípios permaculturais. Nosso objetivo é proporcionar um espaço educativo e produtivo.
Abstract: Since the beginning of the industrial age, the environment suffers from the impacts of consumption and production processes. Thus was created the system commonly called capitalist, which currently to maintain hegemonic, institutions and human relations had to be captured and turned into his instrument. The school has been one of those institutions that changed their organization and function to appeal the order of the capital, especially in man-society-nature axis. This work reinforces the idea that environmental education and permaculture are precursors for change in the organization of knowledge, thoughts and attitudes, both at school and in non-formal education spaces. Therefore, based on a theoretical and historical apparatus of complex thinking, environmental education and permaculture, we did an analysis of "O Mato é Nosso" which was a project produced by “PIBID-EA” and could not be deployed in the school EMEIF Martinz de Aguiar. From, the field diary and project planning report, we list the main points that have hampered its development in school. Then restructured the project producing a strategic and action plan for the “Residência Universitária Pici – UFC” based on permaculture principles. Our goal is to provide an educational and productive space.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47180
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tcc_mbffreitas.pdf1,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.