Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47173
Title in Portuguese: Percepção dos professores sobre os espaços não formais de educação no ensino de ciências
Author: Freitas, Edilene de Souza
Advisor(s): Gallão, Maria Izabel
Keywords: Espaços não formais
Ensino de ciência
Professores de ciências
Issue Date: 2015
Citation: FREITAS, Edilene de Souza. Percepção dos professores sobre os espaços não formais de educação no ensino de ciências. 2015. 36 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Ciências Biológicas)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: educação não formal é um recurso didático utilizado para melhorar a relação entre a teoria e a prática no processo de ensino/aprendizagem. Esse recurso para o Ensino de Ciências promove uma aprendizagem significativa que permite a criação de conexões entre a escola e a cidade. Diante desse contexto, este trabalho analisou a perspectiva dos professores de Ciências no estado do Ceará sobre a utilização dos espaços não formais de educação. Para a realização desta análise foi aplicado um questionário com vinte e cinco professores do Ensino de Ciências utilizando uma abordagem qualitativa e quantitativa. A partir dessas análises foi levantado um perfil desses profissionais. Como resultado, constatou-se a utilização dos espaços não formais de educação pela maioria dos professores, sendo a praia o local de maior preferência para o processo de ensino-aprendizagem. Notou-se também que os docentes enfrentam diversas dificuldades quanto à utilização desses espaços. Os maiores problemas citado pelos docentes foi o atraso do conteúdo escolar, a falta de transporte e a indisciplina dos alunos. No entanto, a utilização dos espaços não formais é considerada importante pelos professores entrevistados, pois esta estabelece relações entre o conteúdo de Ciências e a realidade sociocultural em que o aluno está inserido.
Abstract: The non-formal educational is a didactic resource that is used to improve the relationship between theory and practice in learning/teaching process. This resource in science teaching provides a significant learning that allows a network connection between the school and the city. In this context, this paper analyzed the perspective of Sciences teaching in the State of Ceará about the utilization of non-formal education spaces. In order to do this analyze a questionnaire was used with 25 science teachers. It was used a quantitative and qualitative approach. Using these analyses it was created a profile of these professionals. As result, it was found that the use of non-formal education spaces by the majority of teachers. The beach was the place with the most preference to the learning/teaching process.The teachers have a lot of difficult related to the use of these spaces. The majors problems cited by them it was the delay in the syllabus, the lack of transportation, and the students’ indiscipline. However, the use of non-formal education spaces is considered important by the interviewed teachers, because it establishes relationship between the science classes and sociocultural reality where the students are inserted.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47173
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tcc_esfreitas.pdf593,03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.