Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46965
Title in Portuguese: Saúde Coletiva nas graduações em Educação Física: o cenário das universidades de Fortaleza-CE sob a ótica docente
Author: Sampaio, Andréia Fontenele
Advisor(s): Nepomuceno, Léo Barbosa
Keywords: Saúde Pública
Educação Física e Treinamento
Capacitação Profissional
Currículo
Issue Date: 9-Aug-2019
Citation: SAMPAIO, A. F. Saúde Coletiva nas graduações em Educação Física: o cenário das universidades de Fortaleza-CE sob a ótica docente. 2019. 171 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, 2019.
Abstract in Portuguese: Considerando a necessidade de uma intervenção condizente ao que se pensa e se faz hoje na área da saúde em seus diversos âmbitos e lugares, faz se necessário traçar um olhar atento para a formação inicial do profissional e do professor de Educação Física. O presente estudo teve a finalidade de investigar como está se dando a formação em Saúde Coletiva dentro dos cursos de Graduação em Educação Física das Universidades de Fortaleza CE. Buscou se perceber o que os docentes sabem sobre esta área e qual a percepção destes sobre a intervenção em saúde desta categoria profissional, identificar a existência de recursos formativos que trabalhem esta temática na graduação e saber como os docentes percebem a formação inicial que está posta hoje. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo, descritivo e transversal com 17 docentes (UNIFOR (7); UECE (6); UFC (4)). Os mesmo foram selecionados seguindo os critérios de serem graduados em Educação Física, possuírem Pós-Graduação (stricto ou lato sensu) na área da Saúde Coletiva ou similar, estarem ou já terem trabalhado com a temática através de disciplinas, grupos de pesquisa, projetos de extensão ou estágios. Para obtenção das informações realizou se entrevistas semiestruturadas orientadas por um roteiro prévio composto por nove perguntas base. A análise das informações foi efetuada mediante o método da Análise de Conteúdo Análise Categorial, buscando inferir os significados desvelados a partir das falas docentes. Emergiram deste processo diversas categorias e subcategorias, sendo estas organizadas em três grandes temáticas (Conhecimentos e relações entre Educação Física e Saúde Coletiva; Formação em e para a Saúde Coletiva; O atual cenário da formação em Saúde Coletiva limitações, potencialidades e perspectivas futuras). Como resultados, percebe se que os docentes possuem conhecimentos condizentes com o que se vem discutindo sobre Saúde Coletiva atualmente e entendem o papel da Educação Física dentro deste contexto. Contudo, a Saúde Coletiva mostra se como área ainda pouco explorada em alguns dos cursos de Graduação investigados. Apesar destas problemáticas, existe hoje uma movimentação de abertura nestes cursos para a abordagem da temática de forma mais qualificada. Vislumbra se assim, uma capacitação futura mais adequada para o profissional e professor que irá intervir em saúde, seja com populações diversas e em cenários de prática distintos.
Abstract: Considering the need for an intervention consistent with what is thought and done today in the area of health in its various areas and places, it is necessary to draw a close look at the initial training of the professional and teacher of Physical Education. This study aimed to investigate how the training in Collective Health is taking place within the Physical Education Undergraduate courses of the Universities of Fortaleza CE. We sought to understand what teachers know about this area and their perception of health intervention in this professional category, identify the existence of training resources that work on this subject in undergraduate and know how teachers perceive the initial training that is put today. For this, a qualitative, descriptive and cross sectional study was conducted with 17 teachers (UNIFOR (7); UECE (6); UFC (4)). They were selected according to the criteria of being graduated in Physical Education, have Graduate (stricto or lato sensu) in the area of Collective Health or similar, have been or have already worked with the subject through disciplines, research groups, extension projects or stages. To obtain the information, semi structured interviews were conducted guided by a previous script composed of nine basic questions. The analysis of the information was made by the method of Content Analysis Categorical Analysis, seeking to infer the meanings unveiled from the teachers' statements. Several categories and subcategories emerged from this process, which are organized into three major themes (Knowledge and relations between Physical Education and Collective Health; Training in and for Collective Health; The current scenario of training in Collective Health limitations, potentialities and future perspectives) As a result, it is clear that teachers have knowledge consistent with what has been discussing about Collective Health today and understand the role of Physical Education within this context. However, Collective Health is an area that is still little explored in some of the undergraduate courses investigated. Despite these problems, there is today a movement of openness in these courses to approach the theme in a more qualified way. Thus, it is envisaged a more adequate training for the future professional and teacher who will intervene in health, be it with diverse populations and in different practice scenarios.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46965
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_afsampaio.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.