Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46597
Title in Portuguese: Teoria crítica e educação: os processos de subjetivação no contexto do declínio da experiência
Author: Roque, Joaquim Iarley Brito
Advisor(s): Rech, Hildemar Luiz
Keywords: Teoria Crítica
Psicanálise
Sujeito Psicológico
Educação
Issue Date: 2019
Citation: ROQUE, Joaquim Iarley Brito. Teoria crítica e educação: os processos de subjetivação no contexto do declínio da experiência. 2019. 119f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: A presente tese se realiza a partir do confronto dialético entre a Teoria Crítica e a Psicanálise, quadros referenciais teóricos que se entrecruzam para possibilitar uma leitura acerca dos impactos das modificações estruturais causadas pelo capitalismo sob os processos de subjetivação individuais e suas reverberações coletivas. Como metodologia de pesquisa adota-se a perspectiva epistemológica da alegoria, apresentada pelo filósofo alemão Walter Benjamin em sua obra Origem do Drama Barroco Alemão, em que se destaca a configuração de uma dialética sem síntese e não teleológica. A partir das reflexões sobre Psicologia Social em Theodor Adorno, Max Horkheimer, Herbert Marcuse, Walter Benjamin, Jean Pierre-Lebrun, Charles Melmam, Slavoj Žižek, dentre outros, estrutura-se uma investigação sobre como o mundo da vida (Lebenswelt) e o trabalho da cultura (Kulturarbeit), marcados pela crise de autoridade generalizada, pelo entodamento do sujeito e seu consequente estranhamento frente às interdições inerentes à vida coletiva promovem a substituição de uma economia psíquica neurótica por uma perversa. Como resultado destaca-se que a transformação da cultura patriarcal em matriarcal favoreceu o surgimento de um sujeito psicológico que renega a interdição do desejo e acaba sendo seduzido pela ideologia do consumo, que passa a operar como cooptador de subjetividades através da fetichização. Confirmamos também que o abandono da arte de narrar, fenômeno causado pela transformação das sociedades comunais em verticais e racionalizadas, ocasionou o desaparecimento das experiências transmissíveis, impactando negativamente a educação e o trabalho de elaboração subjetiva. Por fim, o presente trabalho propõe o enfrentamento à crise de legitimidade a partir da superação do tecnicismo educacional, produtor de uma razão instrumental, e da implementação de uma formação baseada na dimensão da experiência da perlaboração (Durcharbeitung), que enquanto tal possibilita a constituição de uma razão crítica.
Abstract: The present thesis is based on the dialectical confrontation between Critical Theory and Psychoanalysis, theoretical frameworks that intersect to allow a reading about the impacts of the structural modifications caused by capitalism under the individual subjectivation processes and their collective reverberations. As research methodology, the epistemological perspective of the allegory is used, introduced by the German philosopher Walter Benjamin in his work The Origin of German Tragic Drama, which highlights the configuration of a dialectics without synthesis and non-teleological. With basis on the reflections on Social Psychology by Theodor Adorno, Max Horkheimer, Herbert Marcuse, Walter Benjamin, Jean Pierre-Lebrun, Charles Melmam, Slavoj Žižek, among others, an investigation is structured on how the world of life (Lebenswelt) and the work of culture (Kulturarbeit) marked by the generalized crisis of authority, by the intonation of the subject and its consequent estrangement from the prohibitions inherent in collective life, promotes the substitution of a neurotic psychic economy for a perverse one. As a result, this highlights that the transformation of the patriarchal culture into matriarchal favored the emergence of a psychological subject that denies the interdiction of desire and ends up being seduced by the ideology of consumption, which starts to operate as a co-optician of subjectivities through fetishization. We also confirm that the abandonment of the art of narration, a phenomenon caused by the transformation of communal societies into vertical and rationalized ones, has caused the disappearance of the transmissible experiences, negatively impacting the education and the work of subjective elaboration. Finally, the present work proposes to confront the crisis of legitimacy by overcoming educational technicality, which produces an instrumental reason, and by implementing a shaping based on the dimension of the experience of perlaboration (Durcharbeitung), which enables the constitution of a critical reason.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46597
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tese_jibroque.pdf997,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.