Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46490
Title in Portuguese: Nota Científica / Short Communication Exóticas, exóticas, exóticas: reflexões sobre a monótona arborização de uma cidade brasileira
Title: Exotic, exotic, exotic: the monotonous urban forestry in a small Brazilian town
Author: Rufino, Mariana Rodrigues
Silvino, Amanda Sousa
Moro, Marcelo Freire
Keywords: Biodiversidade - Brasil
Paisagismo
Espécies
Issue Date: 2019
Publisher: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Citation: RUFINO, Mariana Rodrigues ; SILVINO, Amanda Sousa ; MORO, Marcelo Freire. Nota Científica / Short Communication Exóticas, exóticas, exóticas: reflexões sobre a monótona arborização de uma cidade brasileira. Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, v. 70, p. 3-10, 2019.
Abstract in Portuguese: Resumo A despeito da grande diversidade de espécies nativas do país, é comum que a arborização das cidades brasileiras seja constituída majoritariamente por espécies exóticas, algumas das quais invasoras. Isso tem resultado na pouca valorização que as espécies nativas têm recebido no paisagismo do país. Neste trabalho buscou-se caracterizar a arborização da cidade de Forquilha, estado do Ceará, avaliando o quanto as plantas nativas estão presentes na composição do paisagismo da cidade. Realizamos um levantamento das espécies arbóreo-arbustivas presentes nas ruas e praças da cidade de Forquilha e registramos 1.889 indivíduos distribuídos em 44 espécies. As espécies mais comuns foram as exóticas Azadirachta indica (com 1.184 indivíduos) e Ficus benjamina (com 276), ambas nativas da Ásia. Surpreendentemente, em nossa amostragem foram encontradas apenas três espécies nativas, somando somente cinco indivíduos. Isso deixa claro o quanto à arborização de Forquilha é predominantemente composta por espécies exóticas e chama a atenção para a necessidade de uma maior valorização da flora nativa nas cidades brasileiras.Palavras-chave: biodiversidade urbana, Brasil, espécies exóticas, paisagismo.
Abstract: Abstract Despite the astonishing richness of native biodiversity in Brazil, it is common to see the urban landscapes composed mostly by exotic species, some of which are invasive. This results in little value being given to native plants by urban citizens. In this study we surveyed the urban forestry in the town of Forquilha, in the state of Ceará, Brazil. We aimed to assess how much native plants are being ignored in the composition of the town’s forestry. During a survey of tree and shrub species found in streets and squares of the town, we recorded 1,889 individuals belonging to 44 species. The most common species were the exotic Azadirachta indica (1,184 individuals) and Ficus benjamina (276) both native to Asia. Surprisingly, only three native species were found in our sample, totalling a mere five individuals. It is clear how much the urban forestry of Forquilha is composed predominantly by exotic species. We call here attention to the need for a greater valuation of the native flora in Brazilian cities.Key words: urban biodiversity, Brazil, exotic species, landscaping.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46490
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2175-7860
Appears in Collections:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_mrrufino.pdf1,78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.