Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46220
Title in Portuguese: Narrativas da violência sexual contra meninas em telejornais policiais
Author: Leurquin, Chloé Catarina Fraga
Advisor(s): Sampaio, Inês Silvia Vitorino
Co-advisor(s): Marôpo, Lídia Soraya Barreto
Keywords: Narrativas de programa policial
Violência sexual
Crianças do sexo feminino
Issue Date: 2018
Citation: LEURQUIN, Chloé Catarina Fraga.Narrativas da violência sexual contra meninas em telejornais policiais.2018. 161f. Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Comunicação, Fortaleza (Ce), 2018.
Abstract in Portuguese: Esta dissertação faz interface entre estudos sobre narrativas televisivas (MOTTA, 2013; FRANÇA, 2006), telejornalismo, programas populares (FRANÇA, 2009, 2004), crime na mídia (PENEDO, 2003; RAMOS; PAIVA, 2007), violação de direitos, e relação entre infância e mídia (SAMPAIO, 2000; MARÔPO, 2012,). Analisa o programa policial cearense Cidade 190 e suas narrativas sobre crianças do sexo feminino vítimas de violência sexual. Analisa os dados sob a ótica da Análise em Telejornalismo (GOMES, 2006, 2011; OLIVEIRA, 2014, 2015), evidenciando aspectos como os gêneros televisivos (GOMES, 2011, 2002; FRANÇA, 2009, 2004; JOST, 2010; ROCHA; MARQUES, 2009). Nessa perspectiva, definiu-se como objetivo geral investigar como as narrativas sobre violência sexual contra crianças do sexo feminino são construídas pelo programa policial Cidade 190. Com base nele, definiu-se os seguintes objetivos específicos: analisar quais discursos são valorizados e preteridos nessas narrativas; investigar como é abordada a perspectiva de gênero dentro das narrativas em questão; identificar quais atores participam dessas narrativas e quais são omitidos; e analisar o que as narrativas abordadas revelam acerca dos limites e das potencialidades referentes à proteção e à promoção do direito da criança. O corpus compreende narrativas de sete casos do programa policial Cidade 190 coletados no espaço temporal de 2013 a 2016, quando esse tipo de narrativa se mostrou muito divulgado. Mostra conclusões relevantes para uma reflexão sobre o tema investigado que carecem de ser destacadas. Dentre elas, aponta que nenhuma das matérias apresentadas trata a questão como um crime violento de dominação e controle da vítima, mas como um ato centrado na sexualidade, o que reforça estereótipos; nenhuma das oito recomendações que tratam do problema estudada foram seguidas pelo programa Cidade 190, acarretando diversas violações de direitos cometidas pelo Cidade 190 contra crianças do sexo feminino vítimas de violência sexual; esta pesquisa ratifica e amplia questões já trazidas por Leurquin (2016), apontando para o fato de que tortura psicológica e tratamento desumano ou degradante e exposição indevida de pessoas podem ser identificados nas narrativas do programa policial analisado a partir das falas transcritas e das descrições feitas.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46220
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_ccfleurquin.pdf35,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.