Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46049
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAcselrad, Márcio-
dc.date.accessioned2019-09-24T15:38:39Z-
dc.date.available2019-09-24T15:38:39Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationACSELRAD, Marcio. Tudo a ver: o império da visibilidade total como sintoma contemporâneo. Passagens: Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação - UFC, Fortaleza (CE), v. 2, n. 1, mar. 2013.pt_BR
dc.identifier.issn2179-9938-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46049-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPassagens: Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação - UFCpt_BR
dc.subjectSociedadept_BR
dc.subjectMídiapt_BR
dc.subjectMundopt_BR
dc.titleTudo a ver: o império da visibilidade total como sintoma contemporâneopt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrA contemporaneidade, misto de todas as eras anteriores acrescida de algumas características inéditas, surge sob a égide dos mídia e das novas tecnologias visuais. Trata-se de uma mudança na esfera do olhar e da simulação, diversa da revolução moderna, trazida à tona pela razão e pela representação. O mundo da visibilidade plena tem como um de seus marcos a possibilidade de considerar o planeta como um todo, coetânea à ideia de que esta nossa morada pode ser provisória. Olhar a Terra como um todo, ver “as tais fotografias em que apareces inteira”, como cantou Caetano, nos dá a dimensão artificializante que marca a contemporaneidade. Hannah Arendt é testemunha inaugural desta mudança. Em A condição humana, descreve a reação diante do lançamento do primeiro satélite artificial a orbitar o planeta. A principal sensação não foi, ao contrário do que se podia esperar, a de alegria triunfal, nem de orgulho nem de assombro, mas de “alívio ante o primeiro passo para libertar o homem de sua prisão na terra”. (ARENTD, 1995). [...]pt_BR
Appears in Collections:PPGCOM - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_art_macselrad.pdf341,89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.