Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45946
Title in Portuguese: Coberturas verdes: benefícios e técnicas construtivas.
Author: Menezes, Hugo Ellery de
Advisor(s): Bertini, Alexandre Araújo
Keywords: Coberturas verdes
Sustentabilidade
Ilhas de calor urbanas
Conforto térmico
Issue Date: 2013
Citation: MENEZES, Hugo Ellery de. Coberturas verdes: benefícios e técnicas construtivas. 2013. 45 f. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: O presente trabalho aborda o assunto coberturas verdes, estruturas estas que possuem vegetação em cima das mesmas e ajudam a reduzir os problemas atuais gerados por uma urbanização acelerada despreocupada com o meio ambiente. Essa técnica traz benefícios estéticos, pelo seu uso como paisagismo, e se espalha com rapidez por muitos países devido ao apelo ambiental atual e aparente degradação do meio ambiente causada pela poluição e desenvolvimento das cidades. No entanto, tal técnica já era conhecida na antiguidade e em países germânicos e atualmente tem começado a intensificar pesquisas sobre as mesmas em países de língua inglesa. Existem dois principais tipos de coberturas verdes, as intensivas e as extensivas. As extensivas comportam plantas de pequeno porte que se adaptam a praticamente qualquer situação e não necessitam de manutenção constante. As coberturas intensivas suportam plantas de maior profundidade e peso, além de necessitar de mais cuidados com manutenção. As coberturas verdes, tanto intensivas quanto extensivas, necessitam de camadas bem dimensionadas para garantir o perfeito funcionamento do sistema. A impermeabilização e a drenagem são itens de grande importância para garantir durabilidade e funcionalidade, evitando a degradação da estrutura devido à água e permitindo uma manutenção mínima do jardim. Com a construção de uma coberta verde, é promovido um maior isolamento térmico, pois os raios solares não atingem diretamente a estrutura da laje e o calor consegue mais dificilmente chegar aos cômodos internos da edificação. Esse fenômeno permite que se economize no uso de ar-condicionado, reduzindo o consumo de energia elétrica e a emissão de gases poluentes na atmosfera. A utilização de coberturas verdes tem a capacidade de criar um ecossistema, uma vez que atrai insetos, pássaros e outros bichos ajudando na manutenção das espécies e integrando natureza com urbanização. Dentre os principais benefícios da construção dessas cobertas estão o controle de enchentes pela redução de volume das redes pluviais, coleta de água da chuva, reaproveitamento dessa água, melhoria na qualidade do ar e maior isolamento térmico e acústico. A nova mentalidade de construção com sustentabilidade reforça o valor e importância das coberturas verdes. Assim, com o exposto pretende-se mostrar os benefícios, limitações, cuidados relacionados a coberturas verdes, bem como desenvolver um manual de construção de uma cobertura verde laminar extensiva.
Abstract: The present paper is about green roofs, structures that have vegetation on them and help reduce the current problems generated by accelerated urbanization unconcerned with the environment. Such technique brings aesthetic benefits, as it can be used as landscaping, and has spread fast to many countries due to current environmental appeal as well as apparent degradation of the environment caused by pollution and development of cities. However, this technique was already known in ancient times and in Germanic countries and nowadays research on them has begun to be intensified in English-speaking countries. There are two main types of green roofs: intensive and extensive. Extensive green roofs support small plants that adapt to almost any situation and do not require constant maintenance. The intensive ones support larger plants in terms of depth and weight as well as they require more maintenance. Both intensive and extensive green roofs demand well scaled layers to ensure perfect operation of the system. Waterproofing and drainage are items of great importance to ensure durability and functionality, avoiding degradation of the structure due to water and requiring minimal maintenance of the garden. By building a green cover it is promoted greater thermal insulation as the rays do not directly affect the structure of the slab and it is more difficult for the heat to reach the inner rooms of the building. This phenomenon makes it possible to save on the use of air conditioning, reducing electricity consumption and greenhouse gas emission in the atmosphere. The use of green roofs enables the creation of an ecosystem attracting insects, birds and other animals, assisting in the maintenance of species and integrating nature with urbanization. The main benefits of building these roofs are flood control as it reduces storm water runoffs, rainwater collection, reuse of this water, improved air quality and greater thermal and acoustic insulation. The new mentality of building with sustainability reinforces the value and importance of green roofs. Therefore, this study aims at showing the benefits, limitations, care related to green roofs, as well as developing a manual to build a laminar extensive green roof.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45946
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ENGENHARIA CIVIL - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tcc_hemenezes.pdf18,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.