Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45839
Title in Portuguese: O desenvolvimento da escrita de estudantes com deficiência intelectual: uma análise sobre o uso de recursos de comunicação aumentativa e/ou alternativa no atendimento educacional especializado
Author: Castro, Janaina Luiza Moreira de
Advisor(s): Gomes, Adriana Leite Limaverde
Keywords: Comunicação Aumentativa e/ou Alternativa
Deficiência Intelectual
Alfabetização
Issue Date: 2019
Citation: Castro, Janaina Luiza Moreira de. O desenvolvimento da escrita de estudantes com deficiência intelectual: uma análise sobre o uso de recursos de comunicação aumentativa e/ou alternativa no atendimento educacional especializado. 2019. 240f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza(CE), 2019.
Abstract in Portuguese: A presente pesquisa fundamenta-se nos pressupostos teóricos sócio-históricos e objetivou analisar as contribuições da Comunicação Aumentativa e /ou Alternativa (CAA) para a aprendizagem da língua escrita de alunos com Deficiência Intelectual (DI) no contexto do Atendimento Educacional Especializado (AEE). Intencionou, também, identificar as características iniciais da língua escrita de alunos com DI em processo de alfabetização; caracterizar a prática pedagógica de uma professora do AEE junto a alunos com DI e investigar as repercussões da mediação de uma professora do AEE por meio do uso da CAA para a aprendizagem da língua escrita de alunos com DI. Participaram desta pesquisa uma professora do AEE e três alunos diagnosticados com deficiência intelectual, cuja escrita se encontrava em processo de desenvolvimento entre os níveis pré-silábico e silábico-alfabético. Os alunos participantes da pesquisa eram matriculados em uma escola pública da rede municipal de ensino de Fortaleza- CE, no Ensino Fundamental, em salas dos 2º, 3º e 6º anos. O estudo de natureza qualitativa do tipo intervenção compreendeu quatro etapas: 1) aplicação de atividades avaliativas do nível conceitual da língua escrita dos alunos com DI; 2) entrevista com a professora do AEE e aplicação de roteiro/questionário de autoavaliação; 3) observações da prática pedagógica da professora do AEE na SRM; 4) planejamento em colaboração com a professora do AEE para realização de sessões de intervenção com o uso dos recursos de CAA na SRM. Os resultados indicaram que as estratégias de mediação da professora do AEE com o uso dos recursos de CAA provocaram a emergência e a apropriação de estratégias de escrita dos participantes da pesquisa. Verificou-se, também, que os alunos com DI evoluíram conceitualmente no interior do próprio nível psicogenético de escrita em que eles se encontravam. Conclui-se que o uso diversificado de estratégias de mediação pela professora do AEE, por meio de um trabalho constante de reflexão sobre o sistema de escrita alfabética, suscitou questionamentos nos alunos e os auxiliou na superação de suas hipóteses de escrita.
Abstract: The present research is based on the estimated theoreticians partner-descriptions and objectified to analyze the contributions of the Augmentative Communication and/or Alternativa (CAA) for the learning of the written language of pupils with Intellectual Disability (ID) in the context of Specialized Educational Assistance (AEE). It also aimed to identify the initial characteristics of the written language of students with ID in the literacy process and to investigate the repercussions of the mediation of an teacher through the use of the AAC to learn the written language of students with ID. Participants in this research were an ESA teacher and three students diagnosed with intellectual disability, whose writing was in the process of development between pre-syllabic and syllable-alphabetic levels. The students in the study were enrolled in a public school of the municipal education network of Fortaleza, CE, in Elementary School, in rooms of the 2nd, 3rd and 6th years. The qualitative study of the intervention type comprised four stages: 1) application of evaluative activities of the conceptual level of written language of students with ID; 2) interview with the ESA teacher and application of self-assessment questionnaire / questionnaire; 3) observations of the pedagogical practice of the ESA teacher in SRM; 4) planning in collaboration with the ESA teacher to carry out intervention sessions using the CAA resources in the SRM. The results indicated that the mediation strategies of the ESA teacher with the use of CAA resources provoked the emergence and appropriation of writing strategies of the research participants. It was also verified that the students with DI evolved conceptually within the very psychogenetic level of writing in which they found themselves. It is concluded that the diversified use of mediation strategies by the ESA teacher, through a constant work of reflection on the alphabetic writing system, raised questions in the students and assisted them in overcoming their writing hypotheses.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45839
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_jlmcastro.pdf2,68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.