Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45768
Title in Portuguese: Limites e possibilidades de uma proposta de modelo cartográfico em avaliação de políticas públicas.
Author: Lima, Francisco Anderson Carvalho de
Lobato, Fernanda Naiara da Frota
Carvalho, Alba Maria Pinho de
Keywords: Avaliação
Cartografia
Políticas públicas
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: LIMA, Francisco Anderson Carvalho de; LOBATO, Fernanda Naiara da Frota; CARVALHO, Alba Maria Pinho de. Limites e possibilidades de uma proposta de modelo cartográfico em avaliação de políticas públicas. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 9).
Abstract in Portuguese: A avaliação de políticas públicas é um campo multifacetado que convoca elementos plurais para o seu desenvolvimento, os quais, para a sua efetivação, requerem a superação de modelos tradicionais e rígidos de avaliação de orientação economicista e quantitativista. Isto abre espaço para abordagens compreensivas inspiradas em diversas áreas de conhecimento. Este trabalho objetiva discutir os limites e possibilidades do uso de uma proposta de modelo cartográfico utilizado na avaliação da política pública de saúde mental do município de Fortaleza, Ceará. Este modelo orienta-se nas proposições de Foucault, Deleuze e Guattari acerca do processo de subjetivação imbricado nas sociedades de controle no contexto da mundialização do capital. Oferece elementos conceituais e dispositivos de produção de conhecimento que tem promovido experiências inovadoras de pesquisa e análise de políticas públicas no Brasil, sobretudo na área de saúde coletiva. Elementos tais como a noção de redes rizomáticas, caixa de ferramentas e a irrefreável busca pela potência do pensamento por meio de investigações micropolíticas que consideram a subjetividade dos atores, a partir de seus agenciamentos, envolvidos no desenho, formulação e implementação de políticas públicas, como dispositivo de análise. Questiona-se se tal dispositivo metodológico pode ser utilizado enquanto avaliação. A experiência da pesquisa demonstrou que as ferramentas conceituais e o paradigma de uma metodologia mestiça e em constante movimento forneceram aspectos que configuraram o modelo cartográfico como um instrumento inovador de avaliação de políticas públicas, uma vez que através da investigação micropolítica de orientação cartográfica pôde-se verificar todo o desenho e implementação da política pública estudada, apresentando fluxogramas de análise e nós críticos para a efetivação da política. Assim, afirma-se que tal modelo desponta como uma experiência inovadora para a avaliação de políticas públicas.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45768
metadata.dc.type: Resumo
Appears in Collections:EPPG - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_faclima.pdf48,82 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.